Vivo lana nova etapa de projeto para reciclar modens e decoders de TV

A Vivo lançou mais uma etapa do movimento Recicle com a Vivo nesta semana, com o objetivo de acelerar o projeto e reciclar mais de 1,5 milhão de modens de banda larga e decoders de TV até o final de 2021.

A iniciativa tem o foco em coletar, recondicionar e reciclar esses equipamentos, a fim de sensibilizar clientes que possuem os aparelhos sem uso, para a devolução deles, com a destinação adequada. Após todo o processo, a quantidade deverá retornar ao mercado, com todos os padrões de segurança e em perfeitas condições de uso.

A abordagem e sensibilização dos clientes serão feitas por meio da Inteligência Artificial da operadora, a Aura, via aplicativo de mensagens. A companhia também fará campanhas em seus canais digitais, para exibir toda a recuperação dos produtos, como você pode conferir no vídeo acima.

De acordo com o Diretor de Logística da Vivo, Leandro Stumpf, o projeto permite preservar o meio ambiente e trazer uma economia anual à empresa na aquisição de novos aparelhos. A iniciativa também reverte riscos de ruptura de estoque, visto que há uma escassez de componentes eletrônicos a nível mundial.

“Com a aceleração desta iniciativa, buscamos uma gestão cada vez mais eficiente dos recursos em nossa cadeia produtiva e mobilizamos nossos clientes na prática do consumo responsável.”






Leandro Stumpf




Diretor de Logística da Vivo

Já a executiva de Sustentabilidade da Vivo, Joanes Ribas, reforça que a reciclagem é o principal caminho para reverter a falta de recursos naturais para atender à demanda maior de consumo de eletrônicos.

“O movimento pela economia circular ganha cada vez mais relevância à medida em que o consumo de eletrônicos aumenta e os recursos naturais tornam-se cada vez mais escassos. Por isso, a reciclagem é o caminho mais consciente e sustentável. Estamos juntos com nossos clientes nessa jornada.”






Joanes Ribas




Executiva de Sustentabilidade da Vivo

O programa de logística reversa Recicle com a Vivo foi implantado em 2006 e permite a coleta e destinação de equipamentos eletrônicos sem uso a clientes e não clientes. Entre os dispositivos que integram o programa, há celulares, carregadores, fones, cabos e baterias.

Os pontos de coleta ficam disponíveis em lojas e revendas em todo o país. Ao todo, o programa já recolheu mais de 5 milhões de itens e destinou de forma adequada 118,9 toneladas de resíduos.

Qual é a sua avaliação sobre a aceleração do programa da Vivo para reciclagem de modens e decoders? Interaja conosco!

Continuar lendo >>