Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

uma parceria da SumUp e Casa Neon Cunha


Você sabia que em 2021, menos de 1% das pessoas trans no Brasil tiveram acesso à retificação dos seus nomes? A gente quer ajudar a mudar isso. Saiba mais!

A retificação do nome de pessoas trans é um direito.

Desde 2018, por conta de decisão do Supremo Tribunal Federal, não é mais necessário entrar na Justiça e nem fazer cirurgia de redesignação sexual para fazer a mudança.

No entanto, o processo ainda pode ser difícil: desinformação, burocracia e custos fazem com que muitas pessoas desistam de ter no documento o nome que realmente as identifica. 

Para ajudar a mudar essa situação, a SumUp, idealizadora do Dindim por dindim, criou a ação “Meu nome, meu orgulho”, que ajudará microempreendedores trans a retificar seus nomes.

Em parceria com a ONG Casa Neon Cunha, que presta serviços de acolhimento a pessoas LGBTQIA+, a SumUp dará orientações aos clientes interessados em fazer a mudança e custeará as despesas do processo.

“Nome é identidade. É parte de quem nós somos e carrega toda a história que construímos no mundo. É um motivo de orgulho, tanto que vemos muitos empreendedores batizando suas empresas com seus nomes. No entanto, esse sentimento de orgulho pode estar incompleto em pessoas trans que não fizeram a retificação do nome. Por isso, decidimos criar essa campanha”

Vanessa Martins, gerente de criação da SumUp e uma das idealizadoras da ação

Outro motivo que levou à criação do projeto é o apoio da SumUp aos colaboradores trans: a empresa custeia, desde 2021, a retificação dos seus nomes.

Além disso, desde o início deste ano oferece um auxílio mensal para as pessoas trans que fazem terapia hormonal. “Agora, vamos levar essa iniciativa para além do escritório, para as pessoas que estão com a SumUp lá fora: nossos clientes”, afirma Vanessa.

A campanha durará todo o mês de junho. Todos que aderirem serão orientados pela equipe especializada da ONG Casa Neon Cunha, que tirará dúvidas sobre o processo, auxiliará na organização e na captação dos documentos necessários e dará dicas sobre os melhores e mais acessíveis cartórios para solicitar a mudança de nome. 

Quer mais notícia boa? A SumUp ainda realizará o pagamento dos custos do processo ao cliente, por meio da ONG. “Além disso, para cada mudança realizada para um microempreendedor, vamos doar o valor de outra retificação para a Neon Cunha”, diz Vanessa.

“Proporcionar esse processo para pessoas trans é uma questão de comprometimento e respeito com todos. Iniciativas como essas por parte das empresas fazem com que as pessoas acreditem na possibilidade da inclusão plena e sintam-se acolhidas.”

Paulo Araújo, representante da ONG Neon Cunha

Por que a SumUp escolheu falar sobre a letra T?

Você quer saber por que a SumUp escolher falar sobre a letra T no Mês do Orgulho LGBTQIA+ (e por que falar sempre)? A gente poderia listar muitos motivos, mas separamos os 3 principais aqui.

Visibilidade

As pessoas trans ainda são as que mais sofrem violência no Brasil. Quando a gente fala sobre o assunto, ajuda a criar espaço para mais respeito e informação.

Acolhimento

Quando a gente se identifica com uma história parecida com a nossa, nos sentimos parte do mundo. Falar sobre vivência trans é contar histórias reais, que podem ajudar a acolher pessoas reais.

Cidadania

Em 2021, menos de 1% de pessoas trans no Brasil tiveram acesso à retificação de seus nomes. Ter um nome que te representa é um direito seu.

🏳️‍⚧️ Os clientes da SumUp interessados em retificar seus nomes podem acessar o site e preencher o formulário.

O Dindim por dindim é o portal da SumUp feito para ajudar você a melhorar sua vida financeira. Aqui você vai aprender sobre finanças pessoais e empreendedorismo com quem mais entende do assunto. Ainda não conhece a SumUp? Venha saber mais sobre as nossas maquininhas e soluções financeiras.





Veja mais