tratamento-deficitario-na-saude-bucal-e-assunto-na-camara-de-monlevade

Tratamento deficitário na saúde bucal é assunto na Câmara de Monlevade

Tratamento deficitário na saúde bucal é assunto na Câmara de Monlevade

O vereador Bruno Cabeção (Avante) destacou na reunião ordinária dessa quarta-feira (24) que têm muitos monlevadenses pedindo apoio no tratamento odontológico. O assunto é recorrente na Câmara Municipal de João Monlevade, inclusive, uma audiência pública realizada em 2021, com o coordenador do setor, o cirurgião dentista George Moreira Costa.

[links]

Na ocasião, o coordenador do setor, o cirurgião dentista George Moreira Costa, explicou que após uma análise criteriosa da situação, a Secretaria Municipal de Saúde solicitou o credenciamento de nove equipes de saúde bucal. Embora existam sete postos com consultórios, João Monlevade só possui uma equipe credenciada.

Neste momento, somente o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), localizado no bairro Loanda, recebe os atendimentos de urgência e emergência.

“Por ser o local mais bem estruturado, os atendimentos foram concentrados nele até que os demais consultórios localizados nos centros de saúde fossem adequados”, ressaltou o coordenador.

Legisladores cobram

Bruno Cabeção destacou que vários aparelhos do setor bucal não estão aptos para atender a população. “É de suma importância fazermos os atendimentos sejam de urgência e emergência ou tratamento cotidiano da melhor forma possível. As pessoas estão sofrendo”.

O legislador Revetrie Teixeira (MDB) destacou que a população está sofrendo muito com a situação e prometeu que a Comissão de Saúde vai cobrar respostas.

“O George que é responsável pela odontologia nos apresentou um plano eficiente para um futuro próximo. No papel, o ESF Odontológico ficou bonito, mas temos que ver na prática. O sistema de saúde no geral tem que melhorar em todos os setores”, finaliza.

Doró da Saúde (PSD) também destacou a necessidade sobre a saúde bucal

“Tá na hora de atender a população nos postos de saúde do município. É um pedido pertinente e pedimos para que volte o atendimento bucal no bairro Cruzeiro Celeste e em outros bairros. Só o CEO não aguenta”, diz Doró.

O líder do Governo, Belmar Diniz (PT), ressaltou que o orçamento utilizado neste ano foi o do Governo passado.

“Eles não tinham nenhuma intenção de melhorar a saúde bucal no nosso município, logo, não tinha verba destinada para este setor. Eu acredito muito no Dr. Laércio e vai melhorar para o próximo ano, podem acreditar, teremos grandes avanços na saúde bucal”, endossa Belmar.

Estrutura do CEO atende casos de urgência e emergência em João Monlevade                                                                            Foto: Sérgio Henrique – Acom PMJM

Projetos aprovados

Também na reunião foi aprovado por unanimidae o projeto de lei n°1.218/2020, de iniciativa do vereador Belmar Diniz (PT) que institui o “Dia Municipal da Luta Antimanicomial em Monlevade”.

Em turno único foi aprovado por 10 votos favoráveis o projeto de lei n°1.151/2020, de iniciativa de vários vereadores e desarquivado pelo vereador Fernando Linhares (DEM). Os vereadores Bruno Cabeção (Avante) e Tonhão (Cidadania) absteram-se da votação. O projeto dispõe sobre a concessão de férias acrescida ao Terço Constitucional e do décimo terceiro salário aos agentes políticos do Legislativo monlevadense.

O legislador Doró da Saúde propôs a implantação do fórum de conscientização, valorização e proteção da mulher. Isso se dá dentro do mês de outubro, onde é voltado à atenção para a saúde da mulher, denominado “Outubro Rosa”.

“Sabemos que o mês de outubro se fala muito sobre o câncer de mama. Gostaria que tivesse um dia específico durante o mês para realização de palestras, eventos e projetos na sociedade. Isso tudo é para atentarmos ainda mais a população sobre os cuidados com a saúde”, enfatiza Doró da Saúde.

O projeto foi aprovado por unanimidade e segue para votação em segundo turno nas próximas reuniões ordinárias. O vereador Revetrie Teixeira (MDB) ressaltou que irá acrescentar emendas ao projeto para melhor implementação no município.

 

O post Tratamento deficitário na saúde bucal é assunto na Câmara de Monlevade apareceu primeiro em DeFato Online.