trabalhadores-do-metro-de-bh-aprovam-estado-de-greve,-mas-servico-nao-e-paralisado

Trabalhadores do metrô de BH aprovam estado de greve, mas serviço não é paralisado

Trabalhadores do metrô de BH aprovam estado de greve

Os metroviários aprovaram estado de greve após votação em assembleia geral realizada nesta quinta-feira (26), na Estação Central. Os trabalhadores e trabalhadoras cobram por maior participação no processo de privatização do metrô.

[links]

Os metroviários também aprovaram a assembleia permanente. Apesar do estado de greve, o Sindicato dos Empregados em Transportes Metroviários e Conexos de Minas Gerais (Sindimetro-MG) reforça que os serviços do metrô não serão paralisados no momento e continuam operando normalmente em Belo Horizonte.

O estado de greve serve apenas para alerta sobre a insatisfação da categoria. Agora, os metroviários aguardam por uma reunião no Ministério Público do Trabalho, em dezembro, para saber se o governo dará resposta positiva sobre a reivindicação dos metroviários.

Esse ato não se trata de um movimento por cobrança de salário ou direitos trabalhistas, mas sim para maior participação no processo de privatização desse transporte em Belo Horizonte.

O post Trabalhadores do metrô de BH aprovam estado de greve, mas serviço não é paralisado apareceu primeiro em DeFato Online.