Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

The Flash │ Após prisão, Warner suspende todos os projetos com Ezra Miller


A produção de The Flash realmente se tornou uma dor de cabeça para a Warner Bros — e que parece ter se intensificado após a prisão do ator Ezra Miller na semana passada, a ponto de as primeiras consequências aparecerem. Após se envolver em uma briga de bar no Havaí, Miller teve o seu futuro no Universo Cinematográfico Estendido da DC (DCEU, na sigla em inglês) suspenso até segunda ordem.

A decisão foi tomada após executivos do estúdio se reunirem de forma emergencial para discutir os comportamentos recentes do ator. De acordo com o site Rolling Stone, foi decidido que a melhor saída seria suspender qualquer projeto envolvendo Miller, o que incluiria tanto futuras aparições em filmes de super-heróis como Flash e também sua permanência na franquia Animais Fantásticos.

Futuro do Flash no DCEU foi colocado em suspenso por tempo indeterminado (Imagem: Reprodução/Warner Bros)

E por mais que a interrupção não seja necessariamente uma surpresa diante dos recentes episódios envolvendo o ator, a notícia não deixa de ser um golpe para os fãs que esperavam justamente que The Flash fosse a grande oportunidade de Miller mostrar sua faceta heróica nas telas, além de abrir o DCEU para novas possibilidades. O longa chega aos cinemas em novembro 2023 após ter sido adiado mais uma vez recentemente.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Até agora, o ator apareceu apenas nas duas versões de Liga da Justiça, mas sem carregar um protagonismo digno do personagem. A grande expectativa estava em seu filme solo, que todos esperavam que servisse de base para o futuro do DCEU, abrindo as portas do multiverso e apresentando diferentes versões de heróis que já conhecemos.

Pode ter certeza que Credence não aparece mais em Animais Fantásticos (Imagem: Reprodução/Warner Bros)

E embora o longa esteja praticamente pronto, a decisão da Warner praticamente enterra a possibilidade de vermos grandes desdobramentos dessa história, pelo menos por parte do Flash.

O mesmo acontece com o envolvimento de Miller no mundo de Harry Potter. O ator já aparece muito pouco em Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore e toda essa confusão praticamente garante que não veremos Credence no quarto filme da saga.

Histórico complicado

E o que realmente pesou contra Ezra Miller na decisão da Warner, como aponta a Rolling Stone, é o fato de que o incidente no Havaí não foi o único e que é justamente esse histórico de problemas e confusões que resultou neste afastamento.

Em 2020, Miller foi centro de outra polêmica após ter sido gravado na Islândia enforcando uma fã após a jovem ter feito uma brincadeira com ele. No vídeo, ele não só aparece esganando a jovem como ainda a derruba no chão e começa a gritar com ela.

Além de ser um filme que vem sendo adiado a anos, The Flash agora também se torna uma incógnita para o futuro do DCEU (Imagem: Reprodução/Warner Bros)

Além disso, mesmo depois de ter sido preso no Havaí na semana passada, ele voltou a causar problemas quando um casal próximo ao ator entrou na Justiça com um pedido de medidas protetivas para impedir que o intérprete do Flash se aproximasse — tudo isso após o rapaz ter tido um surto, roubado documentos do casal e os ameaçado de morte.

E esses casos complicados não se limitam apenas à sua vida particular. Após o surgimento dessas denúncias, alguns nomes ligados ao cinema compartilharam histórias que mostravam o quanto era complicado trabalhar com Miller nos sets de filmagem. Uma fonte ligada a The Flash falou à Rolling Stone que, durante as gravações do longa, o ator tinha crises frequentes e que era comum ele próprio dizer que não sabia o que estava fazendo após perder o próprio controle.

Fonte: Rolling Stone



Veja mais