tenho-cadunico,-mas-nao-tenho-bolsa-familia.-recebo-auxilio-brasil?

Tenho Cadúnico, mas não tenho Bolsa Família. Recebo Auxílio Brasil?

O Governo Federal começou na última semana os pagamentos do seu mais novo Auxilio Brasil. Para quem não sabe, esse é o programa que está substituindo o Bolsa Família neste momento. Só que mesmo depois do início dos repasses, muita gente ainda tem dúvidas sobre este novo benefício em questão.

Uma das dúvidas que estão circulando por aí é sobre a função do Cadúnico neste processo. Uma internauta postou esse seguinte questionamento em um comentário de um canal do Youtube: “Eu estou no Cadúnico há mais de 2 anos, mas minha renda não permitia entrar no Bolsa Família. Será que vou poder receber o Auxílio Brasil?”, perguntou ela.

A resposta é sim. Quem está no Cadúnico vai ter uma chance de entrar no novo projeto. Isso independe de as pessoas estarem ou não dentro do Bolsa Família. Não há nada que impeça esse indivíduo de passar pela seleção e comece a receber o benefício na sequência. Mas é preciso ter cuidado com algumas informações.

Em primeiro lugar é importante dizer que neste primeiro momento, os pagamentos do Auxílio Brasil estão acontecendo apenas para as pessoas que estavam realmente dentro do Bolsa Família. Então em novembro, esse indivíduo que estava apenas no Cadúnico, não vai poder receber o benefício em questão.

A possibilidade maior fica, portanto , para o segundo pagamento, que deve acontecer em dezembro. Mas aí é preciso que aconteça três coisas:

  • O Congresso Nacional precisa aprovar a PEC dos Precatórios
  • É preciso estar dentro dos limites de renda do programa
  • Ministério da Cidadania precisa selecionar o seu perfil

Por que tudo isso precisa acontecer?

De acordo com o próprio Governo Federal, a PEC dos Precatórios precisa ser aprovada para que se abra um espaço dentro do teto de gastos. Isso acontecendo, então o Palácio do Planalto poderia inserir mais gente dentro do Auxílio Brasil.

Depois disso, o cidadão que está no Cadúnico mas que não recebia o Bolsa Família, precisa estar dentro dos critérios de renda. Recebem aqueles que estão em situação de extrema-pobreza ou de pobreza desde que morem com pelo menos uma gestante ou um menor de 21 anos de idade.

Por fim, mesmo que os dois itens acima aconteçam, o Governo Federal ainda vai precisar analisar o perfil do usuário. Apenas 17 milhões de pessoas ganharão o direito de receber o dinheiro do Auxílio Brasil a partir de dezembro.

Auxílio Brasil neste momento

E como está o programa neste momento? Como dito, neste primeiro mês de pagamento, o Auxílio Brasil está indo apenas para as pessoas que já estavam no Bolsa Família. Estamos falando de cerca de 14 milhões de brasileiros.

Neste primeiro repasse, ninguém além desses indivíduos conseguiu entrar nos pagamentos. Isso porque o Governo Federal não abriu mais vagas. Tudo porque a PEC dos Precatórios ainda não foi completamente aprovada no Congresso Nacional.

Também por causa disso, os pagamentos do Auxílio Brasil ainda não estão turbinados. De acordo com relatos nas redes sociais, muita gente acabou recebendo menos agora do que recebia em outubro.

5/5 – (1 vote)