startup-brasileira-de-cao-guia-robo-fica-no-top-12-em-competicao-de-singapura

Startup brasileira de cão-guia robô fica no Top 12 em competição de Singapura

Uma invenção da professora de robótica capixaba Neide Sellin se tornou recentemente referência mundial em objetos inteligentes. Sua startup, a Vixsystem, produz a cão-guia robô Lysa e com ele foi uma das 12 selecionadas em uma competição de pitch (apresentação de ideias) no Slingshot 2021, um dos maiores polos de inovação do mundo, em Singapura.

  • Fundo de Bill Gates investe US$ 50 milhões em robôs agricultores que poupam água
  • Facebook desenvolve internet sem fio alternativa e robô conector de fibra óptica
  • Chatbots e assistentes virtuais são iguais? Veja as principais questões

A Lysa é equipada com dois motores e cinco sensores que avisam à pessoa com deficiência visual quando existem obstáculos e riscos de colisão durante o percurso. Além disso, ela tem câmeras, oito detectores de obstáculo, rotas programáveis e algoritmo com inteligência artificial para navegação por GPS, além de um aplicativo para aparelhos móveis que o controla e configura.

O concurso em Singapura se encerrou em 10 de novembro e contou com quase 5.000 empresas inscritas. Houve uma triagem das 500 melhores ideias. As etapas seguintes elegeram as 100 melhores, o top 12, e por fim, a vencedora, que foi a californiana Quantumcyte, especializada em inteligência artificial.


Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Lysa, Cão Guia Robô (@lysacaoguiarobo)

A seleção foi dividida em quatro categorias: saúde e bem-estar, sustentabilidade, tecnologias na fronteira digital e cidades inteligentes — a Vixsystem se enquadrou nesta última. Foram escolhidas as três principais empresas de cada categoria com maior potencial de inovação e escalabilidade.

“Foram dias de imersão e muita dedicação em prol de levar a Lysa para o mundo todo. Queremos tornar mais simples e segura a vida das pessoas com deficiência visual e não medimos esforços para isso”, disse um post da Vixsystem no Instagram. O prêmio para a startup capixaba e para as demais empresas do top 12 será de US$ 50 mil (R$ 282 mil).

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

  • 10 atores de Harry Potter que já morreram
  • Garimpeiro procurava ouro mas acabou encontrando um meteorito ainda mais valioso
  • Veja os benefícios que todo MEI tem direito e pouca gente sabe
  • Nosso cérebro encolheu ao longo dos últimos milênios; o que isso significa?
  • Review iPhone 13 | Em time que está ganhando, a Apple muda pouco