Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

Proteção de dados: garanta mais segurança com a Apple


Você sabe o que estão fazendo com suas informações pessoais e como garantir sua maior proteção de dados? Cada vez mais importantes, seus registros pessoais e digitais se tornaram extremamente valiosos para o mercado. Afinal, é através deles que muitas empresas entendem seu comportamento de consumo, descobrem locais que você frequenta e o que você busca na internet.

Em outras palavras, acompanham toda a sua vida online e usam seus “rastros digitais” para obter vantagem. Porém, o vazamento ou acesso indevido aos seus dados pode gerar danos ainda maiores, como golpes e fraudes. Logo, para a Apple, a segurança dos seus usuários é um tema imensamente importante. Tanto que a gigante de Cupertino dispõe de medidas de proteção de dados do mais alto nível. Por isso, inspire-se com a iPlace e descubra mais a seguir!

Segurança do sistema

O sistema de segurança dos dispositivos da Apple foi desenvolvido para controlar o acesso aos recursos sem comprometer a usabilidade. Ou seja, você pode utilizar aparelhos como iPhone, iPad e Mac com tranquilidade, pois seus dados estarão seguros e criptografados.

Todas as etapas são protegidas: da inicialização dos dispositivos às atualizações de software, da memória ao disco – e, principalmente, os dados armazenados. Aliás, outro ponto muito importante é manter seus dispositivos atualizados com as versões mais recentes do sistema. Isso porque, a cada atualização lançada, a segurança oferecida é ainda maior. Portanto, lembre-se de sempre verificar as versões ou de configurar atualizações automáticas.

Dados seguros e criptografados

Além dos recursos de inicialização segura, segurança do sistema e segurança dos aplicativos, que ajudam a validar códigos confiáveis para serem executados nos dispositivos, a Apple oferece recursos adicionais de criptografia para proteger os dados dos seus usuários. Ou seja, mesmo que a pessoa acesse um site não confiável, por exemplo, ainda assim estará segura.

O iOS e iPadOS, por exemplo, possuem um sistema de criptografia de arquivos chamada Proteção de Dados. Já p MacOS usa uma tecnologia de criptografia denominada FileVault.

Além disso, a Apple investe em várias outras formas de manter a segurança dos seus usuários. Entre elas, um mecanismo chamado Cofre de Dados, que protege suas informações contra acesso não autorizado.

Segurança dos aplicativos

Atualmente, existe aplicativo para tudo o que se possa imaginar. Desde redes sociais, bancos, lojas, jogos, serviços de entrega até apps que auxiliam em atividades rotineiras, como lembrar de beber água. Oferecendo tudo – ou quase tudo – que o usuário precisa, às vezes são eles que trazem mais riscos. Afinal, se não forem usados corretamente, certos aplicativos podem impactar negativamente a estabilidade e a segurança do sistema. Por isso, a Apple dispõe de camadas de proteção que ajudam a garantir que os apps estejam livres de ameaças e que não tenham sido adulterados.

No iPhone e no iPad, os aplicativos são todos baixados diretamente da App Store, sendo portanto mais controlados e seguros. Da mesma forma, o lugar mais seguro para obter apps para o Mac é a Mac App Store. Antes de serem aceitos, todos os apps da loja oficial são revisados e assinados pela Apple para garantir que não tenham sido violados ou alterados. Se houver algum problema com um app, a Apple pode removê-lo rapidamente da loja. Mas, até quando o usuário baixa apps diretamente de um desenvolver, por exemplo, o macOS continua oferecendo proteção.

Outras formas de garantir sua proteção de dados

Mesmo a Apple prezando muito pela segurança dos seus usuários (e dispondo de muitas formas de auxiliar nisso), algumas medidas simples podem ajudar a garantir ainda mais sua segurança e proteção de dados. Confira alguns exemplos:

  • E-mail: não abra mensagens que pareçam suspeitas, principalmente as enviadas por usuários desconhecidos. Além disso, evite abrir links ou baixar anexos. Instituições financeiras e órgãos oficiais dificilmente enviam links ou arquivos em suas primeiras comunicações. Então, na dúvida, tente contato telefônico com eles para garantir a sua segurança.
  • Compras online: verifique se a página oferece etapas extras de verificação de segurança. Além disso, nunca permita que o site armazene os dados dos seus cartões.
  • Senhas: por mais prático que seja criar senhas com data de nascimento ou números sequenciais, procure gerar combinações mais complexas. De preferência que misturem letras, números e caracteres especiais.

Por fim, lembre-se sempre: a sua segurança e privacidade são muito importantes. Elas podem ser valiosas para as empresas, mas são ainda mais decisivas para você! Assim, para garantir sua devida proteção de dados, invista em dispositivos Apple. Caso ainda não tenha um iPhone ou iPad (ou esteja na hora de uma atualização tecnológica), conte com a iPlace!

Foto: iStock/oatawa



Post Views:
1





Veja mais