Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

Por que o Magazine Luiza (MGLU3) subiu 8% e liderou as altas do Ibovespa; Hora de comprar? – Money Times

Magazine Luiza


Segundo Victor Paganini, analista da Quantzed, a ação subiu puxado pelo arrefecimento dos juros (Imagem: Money Times/Renan Dantas)

Após 10 sessões no vermelho, o papel do Magazine Luiza (MGLU3) subiu e liderou as altas do Ibovespa (IBOV), com disparada de 8,4%, a R$ 2,58. Na sessão, o índice fechou praticamente estável.

Ainda assim, as suas ações caminham para a pior performance trimestral desde o IPO, acumulando desde o começo de abril até o momento uma perda de mais de 60%.

Segundo Victor Paganini, analista da Quantzed, o papel subiu puxado pelo arrefecimento dos juros.

“Os juros deram essa aliviada hoje. Sabemos que os juros aliviando, beneficia diretamente esse setor de e-commerce. E tivemos os futuros nos Estados Unidos ajudando também. O papel já vinha caindo nas últimas semanas”, coloca.

Apesar disso, Paganini diz que isso não significa uma oportunidade de compra.

“O cenário é muito desafiador. Temos problemas de macroeconomia, que vai pressionar a inflação por conta dos juros. É um setor que tende a ficar no olho do furacão”, argumenta.

No sábado, a XP Investimentos reiterou sua neutralidade para os papéis do Magazine Luiza.

Ainda não recomendamos a compra dos papéis de e-commerce por esperarmos uma dinâmica macro bastante desafiadora pela frente, tanto do ponto de vista de inflação como de taxa de juros”, diz.

Para a corretora, os movimentos recentes de Amazon (AMZN) e Shopee adicionam risco para o cenário competitivo do setor, “uma vez que ambas as companhias são altamente capitalizadas, possuem expertise global e tem focado na plataforma de marketplace”.

Outro setor que performou bem foram os bancos, com Itaú (ITUB4) subindo 4,35%, Bradesco (BBDC4) 2,65% e Itaúsa (ITSA4) 3,13%.

Maiores quedas

Já a Natura (NTCO3) caiu 7,61%, a R$ 13,25. Na visão de Paganini, o mercado está devolvendo os ganhos da empresa após a troca do CEO.

“O que prevaleceu foi o cenário econômico, que vem contribuindo para que esses ativos performem mal”.

Para ele, a queda não é uma oportunidade de compra.

“É um setor que sofre com muito com esse macroeconômico ruim e a pressão inflacionária. Temos mais possíveis aumentos de juros para o FOMC. As ações devem continuar em tendências de baixa”, completa.

Veja as maiores quedas do Ibovespa

Empresa Ticker Queda
Natura NTCO3 7,60%
Pão de Açúcar PCAR4 6,54%
Totvs TOTS3 4,69%
Hapvida HAPV3 4,88%
Soma SOMA3 3,65%

Veja as maiores altas do Ibovespa 

Empresa Ticker Alta
Magazine Luiza MGLU3 8,40%
WEG WEGE3 5,56%
Itaú ITUB4 4,35%
Itaúsa ITSA3 3,13%
Bradesco BBDC4 2,65%

Siga o Money Times no Facebook!

Curta nossa página no Facebook e conecte-se com jornalistas e leitores do Money Times. Nosso time traz as discussões mais importantes do dia e você participa das conversas sobre as notícias e análises de tudo o que acontece no Brasil e no mundo. Siga agora a página do Money Times no Facebook!

Disclaimer
Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento



Continue Lendo