Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

O que é IMC e como calcular?


O peso e a gordura corporal podem influenciar a saúde e o bem-estar de uma pessoa ao longo da vida. Por causa disso, profissionais de saúde buscam formas de definir quem está abaixo peso, no peso “normal”, com sobrepeso ou com obesidade, através do cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC). A partir de testes e do diagnóstico correto, tratamentos podem ser definidos para a melhora das condições de saúde.

“O IMC pode ser uma ferramenta de triagem, mas não diagnostica a gordura corporal ou a saúde de um indivíduo”, lembra o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos Estados Unidos. Basicamente, o teste mede se o peso está proporcional à altura, mas existem algumas questões que precisam ser observadas.

IMC é uma forma simples de calcular se pessoas estão com o peso acima do normal ou obesas (Imagem: Nestea06/Envato Elements)

Vale explicar que a obesidade pode desencadear com uma série de condições que não são benéficas ao indivíduo no longo prazo, como diabetes tipo 2 e pressão alta. Além disso, estas pessoas têm maior probabilidade de desenvolver alguns tipos de câncer, como o do endométrio e o do rim. No oposto, pessoas com baixo peso corporal também podem apresentar maior risco para algumas condições.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Por isso, o paciente deve sempre buscar aconselhamento médico e, se possível, com uma equipe multidisciplinar, envolvendo as esferas física, familiar, social e psicológica.

Como calcular IMC

O IMC é um padrão internacional para se avaliar o grau de sobrepeso e obesidade nas pessoas e o seu cálculo é bastante simples. Basicamente, a pessoa deve dividir o peso (em quilogramas) pela altura ao quadrado (em metros). A seguir, confira a fórmula:

IMC = peso ÷ (altura × altura)

Por exemplo, uma pessoa que pesa 85 kg e tem 1,85 metros deve ter um IMC de 25. Neste caso, o indivíduo está com sobrepeso, segundo este parâmetro.

IMC = 85 kg ÷ (1,85 m × 1,85 m) = 25 kg/m2

Interpretando o resultado do Índice de Massa Corporal

A partir do resultado do IMC, a pessoa pode chegar a cinco categorias que envolvem o peso corporal, indo da condição abaixo do peso até a obesidade mórbida. A seguir, confira quais são:

  • Abaixo do peso: menos de 18,5;
  • Peso saudável: de 18,5 a 24,9;
  • Sobrepeso: de 25 a 29,9;
  • Obeso: 30 a 39,9;
  • Obeso mórbido: maior que 40.

Não vale para crianças e adolescentes

É importante destacar que o IMC é calculado de forma diferente em crianças e adolescentes, embora use, inicialmente, a mesma fórmula dos adultos. Isso acontece porque o peso dos menores é mais específico para determinadas idades e sexo, já que as variantes nas etapas de desenvolvimento são mais significativas. Inclusive, no lugar de números, os profissionais usam percentis para o cálculo.

Polêmicas envolvendo a medição

Atletas podem ter IMC maior que o recomendado

Apesar de ser uma ferramenta bastante conhecida, o IMC tem algumas limitações. Por exemplo, um atleta profissional ou uma pessoa com muito músculo pode ter mais que 25, mas não estará realmente acima do peso e o valor calculado não terá nenhuma relação com a gordura corporal.

O cálculo do IMC apresenta algumas limitações, como em atletas (Imagem: Rawpixel/Envato Elements)

“Em geral, uma pessoa que tenha um IMC alto provavelmente terá gordura corporal e seria considerada com sobrepeso ou obesidade, mas isso pode não se aplicar a atletas. Um profissional de saúde treinado deve realizar avaliações de saúde apropriadas para avaliar o estado de saúde e os riscos de um indivíduo”, esclarece o CDC.

Fórmula mede gordura corporal?

A correlação entre o IMC e a gordura corporal tende a ser bastante forte, mas nem sempre é real (caso dos atletas). Além disso, uma outra questão é que mesmo pessoas com IMCs iguais podem ter diferentes níveis de gordura.

Por exemplo, no mesmo IMC, as mulheres tendem a ter mais gordura corporal que os homens. Quando o foco é idade, pessoas mais velhas, em média, tendem a ter mais gordura corporal que os mais jovens, quando estão no mesmo IMC. Variações do tipo podem ser encontradas em diferentes grupos étnicos também.

Por isso, o IMC deve ser entendido como uma ferramenta e parte de um diagnóstico mais completo, que deve ser feito por profissionais treinados. Em caso de dúvidas, busque aconselhamento de um endocrinologista.

Fonte: CDC, Inca e Ministério da Saúde  



Veja mais