Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

o que é, como funciona, quanto rende e mais


Quer saber o que é CDI e como funciona? Compreenda o significado desse termo e se vale a pena investir considerando a taxa do CDI!

CDI é um termo comum do mercado financeiro e conhecê-lo é bem importante para quem deseja ver suas economias rendendo mais. 

Ele tem a ver com os juros pagos por empréstimos entre bancos e sua taxa costuma ser mais vantajosa do que outras bases de cálculo para investimento.

Complicado? A gente descomplica. 

Confira nosso artigo até o final e você entenderá tudo sobre o CDI!

O que significa CDI

CDI significa Certificado de Depósito Interbancário. Como o nome sugere, está relacionado a depósitos feitos entre bancos. Sendo assim, o CDI também vai influenciar diretamente os rendimentos das suas economias.

Entenda o que é o CDI, como funciona e para que ele serve, a seguir.

O que é CDI

CDI é um título de crédito realizado entre bancos. Em outras palavras, é um empréstimo que os bancos fazem entre si para terminar o dia com saldo positivo.

E não para por aí: essa operação influencia suas economias, que podem render de acordo com a taxa do CDI.

Ficou confuso? Explicamos.

O Banco Central, que regula as instituições bancárias brasileiras, tem uma regra: todo banco deve terminar seu dia com saldo positivo.

Isso é importante para que as instituições consigam pagar suas obrigações e, principalmente, para que consigam manter o dinheiro de seus clientes em segurança.

Assim, quando um banco termina o dia com saldo negativo, ele pega emprestado de outro banco o que falta para deixar a conta no azul.

Portanto, todos os dias os bancos emprestam e pagam empréstimos uns aos outros. Entendeu de onde vem o Interbancário, da sigla CDI? É uma operação que ocorre entre as instituições.

Só que, como qualquer empréstimo, o CDI tem juros. E por ser um empréstimo de curto prazo (é uma operação diária), sua variação também é diária.

Essa variação influenciará seus rendimentos porque muitos deles rendem de acordo com o CDI. Acompanhe como funciona, abaixo.

Ser seu próprio chefe é um desafio enorme, né? Por isso, preparamos uma newsletter exclusiva pra você. Assine agora mesmo!

Como funciona o CDI

Como explicamos anteriormente, o CDI é um empréstimo que os bancos realizam entre si para terminarem o dia com saldo positivo.

Essa operação acontece diariamente e tem uma taxa diária. A partir da taxa diária se calcula a taxa mensal e anual.

E as taxas mensais e anuais influenciarão as economias das pessoas, porque muitas formas de investimento renderão de acordo com a taxa do CDI.

Quer um exemplo?

Provavelmente, você já deve ter visto alguma propaganda de banco explicando que na instituição o rendimento é de 100% do CDI.  Ou seja: o dinheiro que o cliente investir ali, renderá a totalidade da taxa do CDI.

Assim, se a taxa do CDI é de 4%, aquele banco pagará a totalidade (4% também) de rendimento.

Portanto, prestar atenção no quanto um banco oferece de rendimento sobre a taxa do CDI é importante para ganhar mais e evitar os piores investimentos.

O canal “Primo Rico” fez um vídeo bem legal que explica um pouco mais sobre o que é CDI, taxas e como investir. Vale a pena assistir após sua leitura para aprender mais sobre o assunto!

Como calcular o CDI

Como você acompanhou, o CDI é uma taxa diária. Ela é calculada pela Bolsa de Valores (B3) a partir de todas as transações que aconteceram no dia.

A partir desse número diário, é feito o cálculo do acumulado do CDI mensal: somam-se as taxas diárias e o resultado é o acumulado do mês.

Para a taxa anual, somam-se as taxas mensais. Em 2021, por exemplo, a taxa do CDI acumulada foi 4,42% – ou seja, o resultado da soma do acumulado de cada mês.

É possível acompanhar a variação do CDI pelo site da Cetip – Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos. Essa é uma empresa sem fins lucrativos que registra as operações bancárias todos os dias.

Quanto rende o CDI?

O rendimento do CDI varia diariamente e trata-se dos juros que os bancos ganham por emprestar dinheiro para outras instituições bancárias. Por isso, também serve como base para o rendimento de alguns investimentos que as pessoas físicas fazem.

Para considerar quanto rende o CDI, é importante verificar o acumulado do mês ou do ano, que é a soma das taxas dos últimos 12 meses.

Como mencionamos, o CDI rendeu 4,42% em 2021, por exemplo.

E na prática, como isso influenciará seus investimentos? Depende de onde seu dinheiro está aplicado.

As ofertas de rendimento variam: 80%, 90%, 100% e até 200% da taxa do CDI. Por isso é importante procurar por bancos que tenham uma proposta razoável de rendimento sobre o CDI. 

Vale a pena investir em CDI?

Antes de tudo, é preciso entender que não há um investimento direto no CDI. Pessoas físicas investem em alguma outra coisa que tem o rendimento baseado na taxa do CDI.

Por exemplo: o CDB é um investimento que rende de acordo com o CDI.

Para entender se vale a pena, é interessante considerar dois fatores:

  • Quanto está o acumulado da taxa do CDI anual.
  • Quanto o banco em que você deseja investir paga de rendimento sobre o CDI – aqui, é importante procurar por propostas que sejam de, pelo menos, 100% do CDI.

O Dindim por dindim é o portal da SumUp feito para ajudar você a melhorar sua vida financeira. Aqui você vai aprender sobre finanças pessoais e empreendedorismo com quem mais entende do assunto. Ainda não conhece a SumUp? Venha saber mais sobre as nossas maquininhas e soluções financeiras.



Veja mais