Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

O que é adiantamento de recebíveis? Como antecipar as vendas no cartão de crédito?


O adiantamento de recebíveis é um recurso importante para as finanças dos empreendedores. Desde junho de 2021, entraram em vigor novas diretrizes do Banco Central (BC) sobre o tema, promovendo uma verdadeira transformação no mercado.

As medidas trouxeram muitos benefícios, principalmente, para quem precisa buscar recursos a curto prazo e não quer recorrer a um empréstimo.

Mas você sabe mesmo o que é a antecipação de recebíveis e como ela pode ajudar o seu negócio?

Continue a leitura e entenda sobre este tema tão importante para melhorar as finanças da sua empresa!

Antecipação de recebíveis: o que é?

A antecipação de recebíveis é o recurso financeiro que permite que uma empresa possa receber, de forma adiantada, valores que entrariam em caixa somente no futuro.

Dessa forma, você pode receber, por exemplo, o valor líquido total das vendas parceladas no cartão de crédito muito antes do prazo padrão para esse tipo de transação.

Como funciona o adiantamento de recebíveis?

Para entender como funciona o adiantamento de recebíveis na prática, vale usar uma situação do dia a dia para exemplificar.

Sempre que cliente faz uma compra parcelada no seu estabelecimento, você leva um tempo para receber o valor total desta venda, certo?

O prazo varia de acordo com o número de parcelas. Assim, se uma pessoa escolhe fazer o pagamento dessa compra em quatro parcelas, normalmente serão necessários cerca de quatro meses para que o valor líquido total desta venda entre no seu fluxo de caixa.

Ao antecipar seus recebíveis, esse prazo diminui e você consegue receber esses valores antes.

Mas, como saber exatamente todos os valores que você tem a receber futuramente?

É aí que entra o Registro de Recebíveis.

O que é a Registro de Recebíveis

Até junho de 2021, a antecipação só podia ser negociada/realizada com os bancos com os quais a empresa tinha relacionamento comercial ou com empresa que fornece as maquininhas de cartão do estabelecimento.

Com as novas regras determinadas pelo BC, todas as transações feitas no cartão passaram a ser “catalogadas” no Registro de Recebíveis.

Toda compra, seja ela no débito ou no crédito feita por meio das maquininhas ou de forma online, deverão ser registradas.

O Registro detalha várias informações: a data e o valor da compra, qual a modalidade de pagamento utilizada (crédito à vista, parcelado ou débito), a bandeira do cartão utilizado na transação e a data de liquidação do pagamento.

Tudo isso é utilizado na criação de Unidades de Recebível (UR), que são vinculadas ao CNPJ do lojista.

O recebível, portanto, é o valor que o estabelecimento tem a receber enquanto não há o repasse do pagamento das compras feitas no cartão.

Na prática, o Registro de Recebíveis permite que os estabelecimentos comerciais escolham onde vão antecipar seus recebíveis, independente da empresa que tenha capturado as transações feitas com cartão na maquininha ou no e-commerce.

Como a antecipação destes valores é feita mediante a cobrança de taxas, a livre concorrência dá aos lojistas o poder de escolher a instituição que tem as melhores condições para prestar esse serviço financeiro.

Então, mesmo que você não seja cliente Cielo, por exemplo, pode fazer sua antecipação de vendas com a gente e ter acesso a taxas bem competitivas.

Qual é a diferença entre adiantamento de vendas e empréstimo?

É importante dizer que solicitar o adiantamento de vendas é diferente do que pedir um empréstimo.

O adiantamento de recebíveis envolve valores que “já existem” ou seja: é uma operação financeira que trata de receitas já geradas – e que apenas não estão disponíveis imediatamente.

Assim, o recebível é algo muito valioso, já que não oferece nenhum risco às empresas de crédito. Por isso, as taxas para esse tipo de operação são menores e bem mais em conta.

Já o empréstimo é uma operação em que uma pessoa física ou jurídica obtém recursos financeiros de uma instituição, se comprometendo com o pagamento do que foi emprestado em um prazo determinado. O valor a ser pago tem o acréscimo de juros, nem sempre convidativos.

Emprestar dinheiro é uma operação “de risco” para as empresas de crédito, pois não há garantia que o valor emprestado será pago.

Em outras palavras, o adiantamento de recebíveis antecipa o recebimento de valores que já são seus, enquanto o empréstimo consiste em pegar recursos de terceiros.

Essa é principal diferença entre o adiantamento de vendas e um empréstimo.

Quais são os tipos de adiantamento de recebíveis?

Basicamente, há dois tipos de adiantamento de recebíveis:

  1. Pré-pagamento: nesta modalidade, conhecida como antecipação, a empresa que fornece a solução de pagamentos da sua loja (seja a maquininha da loja física ou o gateway do seu e-commerce) realiza o pagamento do que você tem a receber antes do prazo mediante a cobrança de uma taxa.

 

  1. Crédito com garantia: nesta modalidade, você oferece seus recebíveis como garantia para solicitar crédito a uma instituição financeira. Neste caso, é feito um registro chamado gravame, que informa que o recebível foi dado como garantia na operação.

Quando antecipar suas vendas?

Antecipar os recebíveis das vendas no cartão é uma forma de conseguir capital rapidamente, sem riscos de endividamento.

Afinal, você conta com um dinheiro de vendas já realizadas e apenas adianta o recebimento de recursos que já estariam disponíveis futuramente.

Isso pode ser bastante útil para a saúde financeira da sua empresa quando:

  • É necessário cobrir imprevistos financeiros ou despesas emergenciais;
  • Você quer aumentar o capital de giro e ter mais liquidez;
  • Há necessidade de investir na sua empresa e você precisa de recursos a curto prazo;
  • Você deseja estruturar melhor suas finanças sem correr o risco de se endividar com empréstimos bancários.

A antecipação de recebíveis é uma excelente alternativa para os lojistas, principalmente, se considerarmos o volume de transações realizadas no cartão de crédito.

Segundo levantamento da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), os pagamentos com cartões de crédito cresceram 42,4% no 1º trimestre de 2022.

No mesmo período, o país registrou mais 100 milhões de pagamentos diários com cartões pela primeira vez e teve mais de 9 bilhões de transações. Deste total, quase metade (4,3 bilhões) foram realizadas com cartão de crédito.

Além disso, a pesquisa mostra também que, em comparação com os cartões de débito e os pré-pagos, o ticket médio gasto nas compras com cartão de crédito também foi maior.

Valor do tíquete médio gasto em compras com:

  • Cartões de crédito = R$ 112,10
  • Cartões de débito = R$ 64,80
  • Cartões pré-pagos = R$ 40,30

É um volume considerável de recursos que podem ser utilizados a curto prazo para impulsionar os negócios, né?

Quais cuidados tomar com a antecipação de recebíveis?

Que a antecipação de recebíveis pode ser positiva para os empreendedores, não há dúvidas.

Mas, como qualquer operação financeira, ela exige planejamento e organização para não provocar o desequilíbrio das contas com a retirada descontrolada de recursos que entrariam em caixa nos meses seguintes.

Para evitar esses problemas, é necessário realizar um bom planejamento de vendas e fazer uma projeção de fluxos de caixa do negócio. Dessa forma, será possível avaliar se os valores que serão antecipados não farão com que as contas fiquem “no vermelho” futuramente.

Também é importante considerar se o valor das taxas decorrentes da antecipação deve ou não ser diluído no preço final dos produtos.

Como antecipar as vendas no cartão de crédito?

É possível antecipar as vendas no cartão de crédito de maneira programada ou avulsa.

Com a antecipação programada, você contrata um produto e agenda uma data em que deseja receber o lucro antecipado das vendas de forma recorrente. Dessa forma, você altera o prazo padrão de recebimento das transações feitas no cartão.

Já com a antecipação avulsa, você solicita a antecipação do valor das vendas de forma pontual, apenas quando estiver precisando do adiantamento. Isso é feito sem alterar o prazo padrão das vendas realizadas no cartão.

Use o adiantamento de recebíveis para negociar com fornecedores e conseguir melhores preços

Receber o dinheiro das vendas mais rápido significa infinitas possibilidades para o seu negócio. Isso ajuda, por exemplo, na negociação com fornecedores para conseguir melhores preços.

Outros benefícios de alterar a data dos recebíveis são:

  • Fazer investimentos no seu negócio;
  • Ter caixa para cobrir despesas emergenciais ou gastos não previstos;
  • Abastecer seu estoque;
  • Manter sua folha de pagamento em dia;
  • Ter recursos para realizar ações promocionais e muito mais!

E você pode contar com a Cielo sempre que precisar antecipar suas vendas e capitalizar o seu negócio. Temos diversas soluções para melhorar suas finanças!

Uma delas é o Receba Rápido, a maneira mais fácil para você receber o dinheiro das vendas sem esperar o prazo padrão de 30 dias ou mais.

play no vídeo e saiba mais!

Veja também >>> Como aumentar suas vendas: estratégias de marketing

 



Veja mais