Nostalgia pura! Apple ter seu maior museu de dispositivos inaugurado na Europa em 2022

Para alguns, o primeiro modelo do iPhone é gatilho de diversas lembranças. Lançado em 2007, o dispositivo revolucionou o mercado da mesma forma que outros dispositivos da Apple, como o Macintosh e iMac, que se tornaram ícones na história da tecnologia.

Esses e outros dispositivos serão expostos no futuro museu que o colecionador Ed Bindels pretende inaugurar em breve. Um novo Apple Museum deverá trazer centenas de computadores, smartphones e outras tecnologias nostálgicas assinadas pela Apple.

A exposição será hospedada no shopping center The Wall da cidade de Utrecht, nos Países Baixos, e cobrirá uma extensa área de 1,6 quilômetros quadrados, sendo a maior exposição de produtos Apple da Europa. A coleção apresentará mais de 5 mil itens lançados pela empresa, incluindo pôsteres, merchandising e outros itens colecionáveis.

Durante muitos anos, Bindels adquiriu e guardou todos os tipos de produtos da Apple. Sua exposição contará com suas posses, além de itens adquiridos do extinto museu localizado na região de Westerbork, no mesmo país, e terá espaço para dispositivos ainda faltantes em sua coleção, como o Apple I e Apple Lisa.

Além dos computadores, todos os tipos de modelos de iPhone, iPad e iPod também serão exibidos. Os aparelhos serão dispostos em ordem cronológica e terão suas histórias contadas para “mostrar como todos os produtos eram revolucionários para o seu tempo”, segundo Bindels.

A coleção da Apple, conforme projetado pelo colecionador, estará em exibição a partir de 2022. Para aqueles que sentem falta do design e funcionalidade do iOS 4, versão do sistema operacional do iPhone lançado em 2010, o aplicativo OldOS trouxe aos usuários uma reconstrução da interface do software para os modelos mais atuais.

Continuar lendo >>