microsoft-edge-tera-um-modo-de-seguranca-aprimorada,-mas-que-reduz-o-desempenho

Microsoft Edge terá um modo de segurança aprimorada, mas que reduz o desempenho

A Microsoft liberou uma funcionalidade de segurança para o navegador Edge que promete oferecer uma camada extra de proteção para o usuário. Sem muito alarde, a empresa introduziu o modo de mitigações de segurança — apelidado “Super Duper Secure Mode” —, que produz um reforço adicional em troca de perdas de funcionalidades e está disponível na versão mais recente do navegador (v. 96.0.1054.29).

  • Microsoft tenta mais uma estratégia para forçar uso do Edge
  • Microsoft Edge 95 é uma das maiores (e melhores) atualizações dos últimos meses

Na prática, esse modo ajuda a proteger a navegação na web contra malwares ao bloquear tudo que pode ser considerado uma ameaça, como scripts maliciosos, códigos suspeitos ou instalações desautorizadas. Sob o aspecto técnico, as mitigações de segurança desabilitam uma tecnologia conhecida como Just in Time Engine (JIT), cuja função é acelerar as tarefas de JavaScript.

Você precisa ativar o serviço para ter mais segurança enquanto navega (Imagem: Captura de tela/Canaltech)

Este recurso pode ser acessado nas configurações do navegador, mais especificamente em “Privacidade, Pesquisa e Serviços”. Ali você deverá rolar a tela até encontrar uma área acinzentada, quase no final da página, com a opção de dar like ou deslike. Para experimentar a novidade, você deve virar a chave (ela virá desativada por padrão) e decidir qual dos dois modos prefere: o Equilibrado ou o Restrito.


Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.

A principal diferença é que o modo Equilibrado considera os sites mais frequentados pelo usuário e reduz o nível de restrições nesses domínios, enquanto o Restrito mantém o nível de rigor para todos. Em razão dessa elevação de critérios de segurança, elementos em diversas páginas podem não funcionar como o esperado, ao ponto até de impedir a navegação, portanto é preciso levar isso em consideração quando for escolher.

Segurança x Desempenho

O líder do setor de pesquisas de vulnerabilidade do Microsoft Edge, Johnathan Norman, explica que somente esse recurso pode bloquear quase metade de todos os problemas de segurança relacionados ao V8 JavaScript, pois estes são causados pelo JIT. “O desempenho e a complexidade geralmente têm um custo, e geralmente nós arcamos com esse custo na forma de bugs de segurança e patches subsequentes”, escreveu Norman.

As mitigações de segurança ativam, ainda, uma tecnologia chamada control-flow enforcement technology (CET), um serviço baseado em hardware da Intel e o arbitrary code guard (ACG). Deixando os nomes complicados de lado, essas três funcionalidades ajudam a reduzir a exposição das máquinas a ameaças virtuais, mas são desativados por padrão porque podem reduzir o desempenho, principalmente em PCs mais antigos.

Se você gostar desse modo, pode dar o feedback (é só clicar no polegar para cima) para que os desenvolvedores da Microsoft decidam se mantêm ou removem a adição em uma atualização futura. O navegador Edge pode ser baixado na Microsoft Store ou pelo site oficial, com versões para Windows, macOS, Android e iOS.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

  • Veja os benefícios que todo MEI tem direito e pouca gente sabe
  • WhatsApp finalmente recebe um criador de figurinhas nativo, mas há um porém
  • Garimpeiro procurava ouro mas acabou encontrando um meteorito ainda mais valioso
  • Harry Potter e a Pedra Filosofal | Veja como está o elenco 20 anos depois
  • 10 atores de Harry Potter que já morreram