Mi Band 6 chega ao Brasil com tela maior, novas funcionalidades e preo salgado

Lançada em março pela Xiaomi, a Mi Band 6 é a mais recente pulseira inteligente da fabricante chinesa. O segmento de vestíveis é um dos pontos fortes da empresa, principalmente na Mi Band, wearable que se consagrou no mercado nacional – e internacional – por trazer uma boa relação custo-benefício e funções interessantes, como leitor de frequência cardíaca, acelerômetro e mais recentemente oxímetro, recurso aguardado desde a quinta geração do gadget.

Por aqui a pulseira chegou custando cerca de 3 vezes mais se comparada com o valor cobrado em lojas de importação, podendo ser encontrada por R$ 700 no varejo nacional. O preço surpreende por se distanciar do custo-benefício empregado nas versões anteriores da smartband.

O que h de novo?


A construção da pulseira não sofreu alterações significativas, sendo bastante parecida com sua antecessora mas trazendo um display AMOLED de 1,57 polegada e resolução 486 x 126 pixels, contra 1,1″ da Mi Band 5. A nova geração também trouxe melhorias gerais nos sensores e suporte ao oxímetro, permitindo que o usuário acompanhe a saturação de oxigênio no sangue (SpO2).

A Xiaomi também adicionou 30 novos modos de treino além dos convencionais, como zumba, badminton, basquete e dentre outros. Quanto a personalização, os usuários têm à disposição 60 novas watchfaces nativas através do aplicativo Mi Fit, embora seja possível utilizar apps de terceiros para personalizar ainda mais a pulseira.


Xiaomi apresenta Mi 11 no Brasil como novo celular top de linha; veja o pre




Lanamentos
08 Jun



Samsung deve produzir telas OLED para smartphones dobr




Economia e mercado
07 Jun


A bateria também não sofreu grandes alterações, garantindo uma autonomia de até 14 dias podendo variar de acordo com o perfil de uso. A Mi Band 5 também apresenta uma duração de bateria semelhante, não sendo um fator decisivo para adquirir a nova geração do acessório.

Disponibilidade e preo

Como antecipamos no início da matéria, o preço definitivamente não é o ponto forte da Mi Band 6 que chegou ao Brasil nesta semana, sendo mais viável importar diretamente da China ou investir o dinheiro em um smartwatch, que pode ser encontrado na mesma faixa de preço – a partir de R$ 700 em um modelo interessante – e traz mais recursos e tecnologia.

O que achou do preço da Mi Band 6 no Brasil? Compraria por R$ 700? Conta pra gente, comente!

Continuar lendo >>

DIVULGALINK We would like to show you notifications for the latest news and updates.
Dismiss
Allow Notifications