Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

Mercado de desenvolvimento de software: oportunidades e termos principais


Você quer atuar no mercado de tecnologia, mas não sabe por onde começar? Oportunidades não faltam na área, mas os profissionais precisam se preparar para os desafios do futuro e para atender as demandas das empresas.

Pensando nisso, criamos esse post para mostrar como está o mercado de tecnologia no Brasil e quais termos você precisa conhecer se quiser começar no setor de programação e desenvolvimento de software. Vem ler!

O crescimento do mercado de tecnologia no Brasil

Uma pesquisa realizada pela CNN mostrou que o segmento de tecnologia irá crescer 12% a cada ano e os salários também tendem a aumentar para quem é da área. Outra reportagem da rede jornalística revelou que a busca por profissionais do segmento aumentou 671% durante a pandemia, com destaque para os desenvolvedores.

Com a alta procura e as poucas opções de profissionais qualificados, o mercado de tecnologia no Brasil é uma grande oportunidade para quem quer se aventurar pelas máquinas e códigos. Mas o que exatamente os programadores fazem e quais termos é preciso saber para começar? É o que você vai descobrir a seguir, vem ver!

Termos de programação que você deve conhecer

Os programadores são responsáveis por criar sistemas que resolvem os problemas das pessoas, com o uso da tecnologia.  

Esses profissionais criam determinadas rotinas para que o computador aprenda esses padrões e os reproduza de forma automática quando for demandado. Além disso, os desenvolvedores também fazem integrações entre sistemas para criar soluções mais robustas e que realizem mais ações para os usuários.

Se você quer trabalhar com programação ou apenas tem curiosidade sobre esse universo e quer se aprofundar nos conceitos, é importante conhecer alguns termos básicos, começando pelas especialidades da área. Algumas vezes, as expressões desse mundo podem ser confusas e difíceis de decifrar para quem não é do setor. Mas, aqui, trouxemos explicações simples para você começar a entender mais sobre programação e se aprofundar no assunto. Confira!

Dev

Dev é uma sigla muito utilizada na área para o termo “developer” (ou desenvolvedor). Há, basicamente, 4 frentes de atuação para desenvolvedores no universo da programação: BackEnd, FrontEnd, DevOps e FullStack. Mas calma, não precisa se preocupar se você não conhece esses termos. Nós vamos explicar cada um deles a seguir.

BackEnd

Os profissionais de BackEnd são responsáveis por desenvolver a parte do software que o usuário não vê (por isso o termo “back”, atrás). Esses programadores também desenvolvem APIs (uma aplicação que funciona como um link entre duas tecnologias) para integração entre diferentes sistemas.

Um exemplo é uma transação financeira de conta para conta. Os desenvolvedores de BackEnd montam toda a estrutura de código responsável pela transferência de informação de uma conta para outra (ou de um sistema para outro). É esse trabalho que permite que o dinheiro seja enviado e a transação concluída.

Depois que isso é feito, o trabalho de BackEnd é integrado com a parte visual do software, desenvolvida pelos profissionais de FrontEnd.

FrontEnd

Como já adiantamos, o desenvolvedor FrontEnd lida com o aspecto visual, a performance e a interface de um software (mas esse é um trabalho diferente do realizado por designers). Ou seja, tudo aquilo que o usuário vê na tela (por isso, o termo “Front”, frente), como os botões e a localização das imagens.

DevOps

Os profissionais de DevOps (Desenvolvimento & Operações) mediam a comunicação entre os desenvolvedores e a equipe de Operações, monitorando o andamento e os resultados dos projetos em curso para otimizar a performance dos softwares.

Esses especialistas costumam trabalhar com tecnologia cloud e metodologias ágeis na condução dos times, além de terem o objetivo de promover melhores experiências para os clientes e para as pessoas dos times envolvidos.

FullStack

FullStack é o termo utilizado para definir quem trabalha de forma mais ampla no desenvolvimento de software, com conhecimentos e habilidades para atuar em BackEnd, FrontEnd e DevOps. Assim, ao lado das pessoas especializadas em cada uma dessas frentes, o profissional FullStack compõe uma das 4 áreas principais de atuação para desenvolvedores de software.

Hardware

Hardware é o termo utilizado para designar toda a parte física de uma máquina de computador ou dispositivo eletrônico, como as peças, o monitor, o teclado, a placa-mãe, o HD, a placa de vídeo/som, a placa de rede, entre outros elementos.

Software

Já o software é um tipo de serviço ou programa que pode ser utilizado em um dispositivo eletrônico, como tablet ou computador e tem o objetivo de suprir alguma necessidade do usuário, por meio de ações específicas. Alguns exemplos de softwares são: Microsoft Word, Microsoft Power Point, Chrome, Firefox, Skype e WhatsApp.

JavaScript, Phyton e HTML

JavaScript, Phyton e HTML são linguagens de programação que permitem desenvolver aplicativos e sistemas. Para se tornar desenvolvedor, é importante se especializar em, pelo menos, uma linguagem de programação.

Gostou do tema e quer saber mais detalhes sobre cada uma dessas especialidades de programação e de quebra ainda entrar em contato com a visão de quem vive o dia a dia da área? Então, confira o vídeo do Decodificando, um quadro do nosso canal Stone Tech para falar sobre tecnologia: Entendendo termos de programação.



Veja mais