Melhor celular para importar por menos R$ 1.500 | Junho 2021

Se você não está interessado nas opções no mercado nacional e deseja um bom celular importado para comprar, encontrará aqui boas sugestões para pagar pouco e ter um aparelho com qualidade e desempenho superior a que muitos de marcas famosas no Brasil.

É cada vez mais comum a busca por celulares importados, já que normalmente oferecem uma melhor experiência cobrando menos. Neste guia você encontrará as melhores opções de modelos intermediários por até R$ 1.500 para ter um uso mais intenso com vários aplicativos e jogos ao mesmo. Sem falar que nessa categoria já é possível encontrar aparelhos com ótimas câmeras.

O nosso guia reúne ofertas de lojas parceiras como GearBest e Banggood, mas também incluímos ofertas de varejistas nacionais, caso você não queira esperar várias semanas para receber o aparelho. Tenha em mente, no entanto, que o preço encontrado no mercado nacional possa ficar acima da faixa de preço estipulado do nosso guia.

Apresentado recentemente pela Xiaomi como uma versão turbinada do já conhecido Poco X3 NFC, o Poco X3 Pro apostou em subir o nível quando falamos de hardware, trocando o Snapdragon 732G pelo Snapdragon 860, mirando em especial aqueles que desejam mais desempenho.

Além dessa alteração no coração do aparelho, temos que o Poco X3 Pro oferece alterações no quesito câmeras, sendo o sensor principal de 48 MP ao invés de 64 MP e ultrawide, que passou de 13 MP para 8 MP.

Já falamos aqui do Poco X3 Pro e agora é a hora de falarmos do seu irmão mais simples, o Poco X3 NFC que foi apresentado pela marca no final de 2020 trazendo como principal destaque a oferta de uma tela de 120 Hz com resolução Full HD+.

Assim como o irmão mais robusto, esse aparelho entrega uma bateria de 5160 mAh e entrega bons resultados quando se fala de autonomia, além de tempo de recarga bacana, graças ao carregador de 33W incluso na caixa.

Outra opção viável para importadores é o Redmi Note 9, aparelho que traz embarcado o Mediatek Helio G85, mudanças de design e uma generosa tela Full HD+ de 6,53″ e uma bateria de 5020 mAh que conseguiu ultrapassar 22h de tempo de uso e pouco menos de 12h de tela ligada em nossos testes.

Ainda falando da linha Redmi Note, temos também a disponibilidade do Redmi Note 9S, aparelho que em nossa análise se destacou por entregar ótimo desempenho em jogos, boa autonomia de bateria e uma câmera eficaz para registrar boas fotos durante o dia.

Já presente no Brasil, o realme 7 é uma opção interessante para aqueles que desejam fugir da hegemonia da Xiaomi nessa faixa de preço, sem abrir mão de um hardware bacana e boa construção no geral.

Um ponto que difere quando comparamos a versão vendida no Brasil e essa oferecida na importação é que ele conta com uma câmera traseira de 48 MP mas não abre mão do carregamento rápido de 33W, o que faz ele ficar menos tempo na tomada.

Para fechar, temos o Redmi Note 9T, aparelho que chegou ao mercado com a promessa de trazer a conectividade 5G para usuários que desejam gastar menos no aparelho, graças a utilização do chipset MediaTek Dimensity 800U.

Assim como os outros citados aqui, o Redmi Note 9T traz uma tela Full HD+ de 6,53″ com furo no canto superior esquerdo para a câmera frontal de 13 MP e na traseira, um visual que lembra o Poco X3 NFC e inclui um conjunto triplo de câmeras que foca em especial no sensor principal de 48 MP.

Continuar lendo >>