Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

Margem consignável: aprenda o que é e como calcular


Resumo do texto

  • Entenda o que é margem consignável e como ela impacta seu empréstimo;
  • Aprenda a calcular o valor do seu limite;
  • Descubra como contratar seu empréstimo com facilidade.

Baixe agora o app PagBank Consignados!

 

Entender o que é a margem consignável é fundamental para quem quer contratar um empréstimo.

Para você ficar por dentro, criamos esse post com as informações essenciais sobre o assunto.

Artigos que podem ser do seu interesse:

O que é margem consignável?

Quando um empréstimo consignado é solicitado, o valor que é descontado da folha de pagamento deve respeitar um limite, que é a margem consignável. 

Esse valor define quanto do salário, pensão ou aposentadoria fica para quitar as parcelas de um empréstimo.

De acordo com a lei No10820, o máximo que pode ser descontado é 40% da folha de pagamento. Esse valor existe para que grande parte da sua renda não fique comprometida no pagamento do contrato.

Assim, para evitar a desorganização e o sufoco financeiro, esse número funciona como um bloqueio de segurança.

Junto com o empréstimo, é possível contratar o cartão de crédito consignado, que funciona como um cartão comum, porém, com a fatura descontada diretamente na folha de pagamento. O limite dessa opção é de 5% do salário, benefício ou aposentadoria de quem contratou. 

Então, a margem consignável é de 40% (35% para as parcelas e 5% para o pagamento do cartão).

Como calcular a margem consignável?

Para fazer esse cálculo não tem segredo, basta pegar o seu salário líquido e multiplicar por 0,35 para descobrir o valor máximo que pode ser descontado da sua folha de pagamento.

Para exemplificar: uma pessoa que recebe R$3 mil, faz o cálculo da seguinte forma: 3.000 x 0,35 = 1050.

Sendo assim, ela não pode ter parcelas do consignado maiores do que R$1.050

E para descobrir o limite máximo do cartão de crédito, é só multiplicar o salário por 0,05.

Então, com um salário de R$3 mil, calculamos: 3.000 x 0,05 = 150. Neste caso, o limite do cartão de crédito é de no máximo R$150

Porém, é importante ressaltar que o número total de pagamentos e o valor oferecido no empréstimo dependem de uma análise de perfil e de crédito. Por isso, não é garantido que todos irão conseguir 35% de margem consignável. 

Como liberar margem consignável?

Caso já tenha usado todo o limite disponível e queira saber como desbloquear a margem consignável, veja algumas alternativas que podem te ajudar.

Fazendo portabilidade (transferência) para um banco com menores taxas

Desta forma, os prazos e os valores das parcelas podem ficar ainda mais baixos. 

Então, se outro banco oferecer condições melhores, a mudança é uma boa opção e com isso é possível desbloquear sua margem consignável.

Quitando um empréstimo corrente

Você pode fazer a antecipação de todas as parcelas de um empréstimo ativo e, assim, liberar sua margem.

Não há cobranças extras, inclusive, ao adiantar todas as parcelas as instituições financeiras reduzem as taxas de juros. Para fazer isso, é só entrar em contato com a empresa e informar que deseja quitar as parcelas.

Refinanciando um contrato ativo

É possível mudar o contrato atual do empréstimo e continuar no mesmo banco, para isso basta solicitar o refinanciamento.

Nesse serviço, ocorre o abatimento das parcelas que já estão pagas e a negociação das que ainda estão em aberto. Dessa forma, o saldo devedor fica menor e ocorre a liberação do seu crédito.

Cancelando um contrato recém assinado

Fez um consignado e logo se arrependeu ou encontrou um banco com condições melhores? Você pode solicitar o cancelamento e liberar a margem consignável.

O prazo para cancelamentos é de até sete dias depois da assinatura do contrato e é preciso devolver todo o valor recebido. Nesses casos não existe a cobrança de juros ou taxas.

Como saber se a margem foi liberada?

Para descobrir se sua margem consignável foi liberada, dependerá do seu tipo de contratação.

Para servidores públicos, essa informação pode estar no portal da instituição que paga seu salário, seja prefeitura, governo do estado, etc. 

No caso dos trabalhadores com carteira assinada em uma empresa privada, o ideal é buscar o setor de RH para conferir se houve liberação da margem consignável.

Aposentados e pensionistas do INSS podem conferir a informação no próprio site do INSS, basta logar na conta e clicar em “extrato de empréstimo”. 

Quanto tempo demora até a liberação de margem?

Se já tomou algumas das providências acima para desbloquear sua margem, saiba que a liberação não é imediata.

O tempo médio para a liberação de margem consignável depende do tipo de operação, mas geralmente leva em torno de três a cinco dias úteis. 

Como contratar empréstimo consignado?

Agora que você já entendeu tudo sobre o assunto, que tal garantir agilidade na solicitação fazendo tudo pelo celular?

Conheça o PagBank Consignados! A contratação é feita de forma simples, rápida, segura e 100% digital, através do aplicativo PagBank Consignados*, confira todos os benefícios:

  • taxas de juros mais baixas que outras linhas de crédito;
  • dinheiro liberado em até 24h;
  • parcelas fixas de até 30% do salário ou benefício líquido;
  • crédito pode ser usado para qualquer finalidade;
  • até 60 dias para pagar a 1ª parcela (conforme a virada de folha de pagamento).

Baixe agora o app PagBank Consignados!



Veja mais