liberacao-do-14o-salario-do-inss:-saiba-se-o-beneficio-sera-liberado-este-ano

Liberação do 14º salário do INSS: saiba se o benefício será liberado este ano

Devido a antecipação do 13º salário aos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em 2020 e 2021, parlamentares desenvolveram uma proposta para criação de um 14º salário ou 13º salário em dobro.

Veja também: Saiba quem poderá receber o novo auxílio de R$1.100 via INSS

No ano passado a medida não ganhou apoio suficiente para ser liberada e este ano segue em tramitação no Congresso Nacional. Com a antecipação do abono natalino, os segurados ficarão sem uma renda extra no fim do ano.

Pensando nisto, a relatora do projeto de lei do 14º salário na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados, deputada Flávia Morais, apresentou um substituto. O texto sugere que o pagamento do novo salário extra seja disponibilizado até 2023.

Quem terá direito ao 14° salário do INSS?

Um dos motivos para a criação do benefício foi a antecipação do 13º salário. Desta forma, receberão o abono os mesmos segurados que receberam o benefício natalino, sendo:

  • Aposentados;
  • Pensionistas;
  • Beneficiários do auxílio-doença;
  • Beneficiários do auxílio-reclusão;
  • Beneficiários do auxílio-creche.

Em contrapartida, não terão acesso ao possível 14º salário:

  • Inscritos nos programas Benefício de Prestação Continuada (BPC);
  • Beneficiários da pensão mensal vitalícia;
  • Beneficiários do auxílio suplementar por acidente de trabalho e amparo previdenciário por invalidez do trabalhador rural.

Movimentação atual da proposta

O Projeto de Lei segue aguardando apreciação pelas comissões de Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça e de Cidadania, da Câmara do Deputados. Caso receba parecer favorável, será encaminhado do Senado Federal e, na sequência, a sanção presidencial.

No entanto, considerando a proximidade do fim do ano e a falta de movimentação nos últimos meses, é provável que o benefício também não seja liberado este ano. Isso significa que mais uma vez os segurados do INSS ficarão sem uma renda extra no final do ano.

3.2/5 – (15 votes)