Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

LG TV OLED A1, a TV OLED barata


A LG TV OLED A1 é uma televisão com tecnologia de tela OLED, a melhor do mercado atual. Mas, diferente de outras linhas premium da LG, como a G1 e a C1, a linha A1 chega com a proposta de ser uma smart TV OLED barata, mantendo toda essa qualidade de imagem, mas removendo algumas características da categoria, em prol da redução de preço. Fazia tempo que a gente queria testar ela no Showmetech, e agora chegou a hora! Veja as nossas impressões:

Preço

Como o valor de compra é o ponto determinante da linha A1, vamos inverter um pouco a ordem dessa análise e já fazer a comparação de preços.

Tomando por base o menor tamanho da linha, a OLED A1 55, é possível encontrá-la no mercado custando em torno de R$ 4.180. Em comparação, o mesmo tamanho para a linha C1 sobe para R$ 5.700 reais, e chega a R$ 12.500 se você optar pela linha premium G1.

O apoio para móveis da LG TV OLED A1. Reprodução: Bruno Martinez, Showmetech

Já os tamanhos de tela são limitados: a A1 é vendida em 55 e 65 polegadas, com essa última custando em torno de R$ 6.600.

Mas, não há dúvidas: a A1 é a TV OLED mais barata vendida no Brasil, até o momento.

Design

Modelos de OLED da LG são especialmente interessantes tanto pela qualidade da tela e cores vívidas, quanto pelas espessuras mínimas e bordas quase inexistentes.

Não é diferente na A1, que se resume a um belo display, montado em duas bases ou “pés paralelos” de suporte, usando um design um pouco menos trabalhado que o presente em modelos mais caros. Esse design simplificado representa o primeiro corte de custos da linha.

Lg oled tv a1: as espessuras mínimas também podem ser vistas como o primeiro corte de custos da linha. Reprodução: bruno martinez, showmetech
LG OLED TV A1: As espessuras mínimas também podem ser vistas como o primeiro corte de custos da linha. Reprodução: Bruno Martinez, Showmetech

Na parte traseira, estão 3 entradas HDMI 2.0 (uma a menos do que em linhas superiores), mas com suporte para o padrão eARC e sinais de até 60Hz, duas entradas USB, entrada para antena, entrada óptica, porta de rede LAN (lembrando que a TV também se conecta por Wi-Fi), e o cabo de energia.

Essas características também perdem para a OLED C1, que já suporta o padrão HDMI 2.1 e tem 3 entradas desse tipo pra você usar.

Tela

O painel OLED é a atração principal da A1. Diferente das TVs de LED/LCD, aqui a imagem é gerada na cor e luminosidade ideais, sem necessidade de que a TV possua um painel extra de luz (o famoso “backlight”, que acaba deixando as imagens esbranquiçadas) para isso. Além disso, a cor preta é mais fiel à realidade, o tal “preto puro”, por ser representada por pixels de imagem desligados.

Em termos de qualidade de imagem, o OLED é a melhor tecnologia de tela atual, com cores intensas e pretos profundos, incomparável até mesmo com concorrentes como as QLEDs e Neo QLEDs da Samsung.

Lg smart tv oled a1: comparando com o qled e neo qled, da samsung, o oled deste monitor é a melhor tecnologia atual em termos de qualidade de imagem. Reprodução: bruno martinez, showmetech
LG smart TV OLED A1: Comparando com o QLED e Neo QLED, da Samsung, o OLED deste monitor é a melhor tecnologia atual em termos de qualidade de imagem. Reprodução: Bruno Martinez, Showmetech

Em termos de padrões de vídeo, a A1 está coberta. Ela aceita Dolby Vision IQ, HDR10PRO e HLG. Simplificando a sopa de letrinhas, filmes e séries de serviços como a NETFLIX parecerão mais bem iluminados e com cores mais intensas do que em outros modelos. Só há um porém: a A1 tem a taxa de atualização mais baixa da linha: 60hz, que reflete em transições menos suaves de imagens do que as vistas na C1 e G1.

Tem burn-in?

Embora muita gente tenha essa dúvida, o burn-in ou manchado de tela deixou de ser uma preocupação das OLEDs há muito tempo. Segundo a própria LG, tecnologias de preservação do display fazem com que ele tenha vida útil superior a 11 anos, tempo suficiente pra você já ter pensado em trocar de aparelho.

Há ainda uma configuração no menu da LG, chamada OLED Care, que te ajuda a fazer testes para checar se está tudo funcionando bem com a tela a qualquer momento.

A gente já testou e dá até para você usar essa tela como monitor do PC, sem preocupação de dano.

Processador

Ela tem processador α7 Gen4 AI 4K, responsável por avanços na melhoria da qualidade de imagem, contraste e saturação de imagens, com uso da inteligência artificial. Além disso, o processador remove o ruído da imagem, suaviza o movimento na tela e melhora imagens em baixa resolução, para que se aproximem do 4K (também chamado de upscaling de imagem). 

Review oled a1: outro responsável pela melhor qualidade de imagem oferecida é o novo processador α9 gen4 ai 4k. Reprodução: bruno martinez, showmetech
Review OLED A1: Outro responsável pela melhor qualidade de imagem oferecida é o novo processador α9 Gen4 AI 4K. Reprodução: Bruno Martinez, Showmetech

Embora seja ótimo, o processador da A1 é inferior ao usado nas linhas C1 e Evo. Mas o usuário comum dificilmente perceberá qualquer diferença visual.

Áudio

Com 20 watts de potência e apenas 2 canais de áudio estéreo, a A1 tem som “básico”. Ao menos há o suporte para o padrão HDMI eARC de som. Nada muito especial aqui, mas que pode ser complementado com soundbars da marca, como a SN8YG, se isso não pesar no seu bolso.

Ah, e essa TV da LG usa inteligência artificial para melhorar a qualidade sonora e entender se você está assistindo a um filme, série ou programa de TV, otimizando a experiência para esse tipo de conteúdo.

Interface, apps e assistentes

Dá para iniciar as configurações da TV pelo app LG ThinQ, disponível para o sistema Android e iPhones. Assim, você pode cadastrar sua conta, personalizar as funções da TV e conectar ela com assistentes pessoais com mais facilidade.

Lg oled a1 55: este aparelho também pode ser conhecido popularmente como a "tv oled barata", pelo valor no modelo de entrada ser um pouco atípico. Reprodução: bruno martinez, showmetech
LG OLED A1 55: Este aparelho também pode ser conhecido popularmente como a “TV OLED barata”, pelo valor no modelo de entrada ser um pouco atípico. Reprodução: Bruno Martinez, Showmetech

A interface do sistema webOS foi atualizada em 2021. Embora prática e super fácil de usar com o controle no estilo pointer (que você usa como um mouse na tela), ela ficou mais “feia” do que a geração anterior, com informações nem sempre úteis e muito bloatware, aquele app ou serviço que você não precisa, mas que vem pré-instalado no aparelho.

Não é bonita como uma interface Tizen da Samsung, mas tem todos os aplicativos de streaming que você pode usar no Brasil, incluindo YouTube, Globoplay, Spotify, Netflix, Amazon Prime Video, HBO Max, Disney+, Star+ e até Apple TV+.

A lg tv oled a1 também vem acompanhada do lg thinq, inteligência artificial exclusiva da lg. Reprodução: bruno martinez, showmetech
A LG TV OLED A1 também vem acompanhada do LG ThinQ, inteligência artificial exclusiva da LG. Reprodução: Bruno Martinez, Showmetech

Falando de assistentes pessoais, dá para comandar essa TV tanto com comandos de voz do Google Assistente, quanto da Alexa. Para iniciar, você precisa apertar o botão correspondente no controle e pedir para tocar sua série ou filme favorito, aumentar o volume e até desligar a TV.

Mas aqui fica uma dica bem Showmetech: compre um acessório Google TV pra usar nessa TV, que tanto a interface, quanto os comandos inteligentes, funcionarão bem melhor!

Recursos Especiais

Review: lg tv oled a1, a tv oled barata. Com a proposta de ser uma tv oled barata, a linha a1 da lg surpreende com qualidade de imagem. Veja o review
LG smart TV OLED A1: Na imagem, a parte de traz da TV, exibindo seus conectores físicos. Reprodução: Bruno Martinez

As telas OLEDs são especialmente boas para games, já que possuem tempo de resposta rápida. mas, no caso da A1, a entrada HDMI ainda é 2.0 e a taxa de atualização fica limitada a 60 Hz. Isso significa que você vai poder jogar, mas não vaia aproveitar o máximo potencial do Xbox Series S, PlayStation 5 e até do PC, visualizando conteúdos em apenas 60 quadros por segundo, e não em 120, como é possível nas TVs OLED C1 e G1. Fica menos suave, mas talvez você nem perceba isso.

Conclusão

Comprar uma TV OLED é atitude de difícil arrependimento. Essa tecnologia de tela ganha em vivacidade de cores, variação de contraste e nas espessuras mínimas, sejam de borda ou de profundidade. O modelo é versátil, recomendado para filmes, séries, esportes e até games (inclusive, como substituto de um monitor).

Mas se tratando das linhas da LG, a A1 fica um pouco abaixo em características de inteligência artificial, som e imagem para os modelos mais premium OLED C1 e OLED evo G1.

Vale dizer que são diferenças mínimas, em troca de um preço pra lá de interessante. Então, a escolha por cada uma vai depender do seu gosto, bolso e se você quer tirar o máximo do seu PlayStation 5 ou Xbox Series X. De qualquer forma, recomendamos a compra.

Especificações Técnicas

LG OLED TV A1

Lg tv oled a1. Reprodução: bruno martinez
LG TV OLED A1. Reprodução: Bruno Martinez
Marca LG
Modelo LG TV OLED A1
Tamanho de tela 55″
65″
Tecnologia do painel OLED
Resolução do painel 4K UHD – 3.840 x 2.160
Processador Processador α9 Gen4 AI 4K
Conexões e entradas 3x Entrada HDMI 2.0
1x Entrada RF
Bluetooth in/out
2x Entrada USB
1x Saída Digital Óptica
Recursos de imagem AI Picture
Frequência Nativa – 60 Hz
DTV
HDR10
4K Upscaler
AI Brightness
Pixel Dimming
Dolby Vision IQ
FILMMAKER MODE
Frequência da tela 60 Hz
Recursos de áudio Dolby Atmos, 20W
AI Sound
OLED Surround
AI Acoustic Tuning
Tipo de alto-falante 2.0 canais
Sistema operacional webOS 6.0
Comandos de voz Sim
Assistentes virtuais Alexa, ThinQ AI e Google Assistente
Preço Smart TV LG OLED A1 4K 55″ (OLED55A1) – R$ 4.180;
Smart TV LG OLED A1 4K 65″ (OLED65A1) – R$ 6.300.

E você, o que achou da LG OLED TV A1, considerada a “TV OLED barata” do mercado? Já preparou um cantinho para colocar a sua? Conta pra gente nos comentários!

Veja também

Quer ainda mais vantagens com na compra do seu aparelho LG? Compre uma smart TV LG e tenha HBO Max grátis por até 1 ano





Veja mais