google-testa-ferramenta-para-detectar-(e-evitar)-bisbilhoteiros-de-notebook

Google testa ferramenta para detectar (e evitar) bisbilhoteiros de notebook

O Chromebook poderá proteger os usuários de bisbilhoteiros com um novo recurso de detecção de presença, descobriu o site 9to5Google. Uma função descoberta no navegador Chrome mostrou que os notebooks com sistema do Google poderão dedurar se outras pessoas dão uma “olhadinha” para o conteúdo do computador por cima dos ombros de quem o utiliza.

  • App do Google que permite “falar com os olhos” agora suporta português
  • Apple lança ferramenta para alertar usuários alvo de ataques governamentais

A primeira pista de que o Google trabalhava neste sistema apareceu em setembro deste ano, quando o site encontrou indícios do desenvolvimento da ferramenta. O recurso na época era visto como uma preparação para reconhecimento facial embutido (nos moldes do Windows Hello).

Reconhecimento facial para desbloqueio de tela é uma das funcionalidades mais pedidas por usuários do Chrome OS (Imagem: Ivo/Canaltech)

Essa possibilidade não foi totalmente descartada, porém uma adição recente no chrome://flags chamada “Enable snooping detection” (“Ativar detecção de bisbilhoteiros”, em tradução livre) mostra que ela também evitará olhares indesejados de pessoas estranhas.


CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.

“Ative a proteção contra bisbilhoteiros para notificá-lo sempre que houver um ‘enxerido’ olhando por cima do seu ombro. A função pode ser ativada e desativada na seção Smart Privacy nas configurações do seu dispositivo”, descreve o recurso experimental do Chrome.

Proteção automática

Quando ativada, a detecção de bisbilhoteiros poderia esmaecer a tela para níveis bem baixos e evitar atenção indevida ou exibir um simples ícone no canto da tela, informando que há olhares indesejados voltados para o monitor. Essa ferramenta, segundo uma investigação do site, funcionaria de forma totalmente local para proteger a privacidade dos usuários.

 

Embora esteja disponível como recurso experimental do Chrome, dificilmente essa ferramenta seria adicionada aos Chromebooks atuais. A ferramenta depende da presença do Human Presence Sensor, um detector de presença humana embutido na câmera e que só deve ser integrado em futuros modelos de notebooks.

Não existe previsão para o lançamento do sensor de presença, tampouco do recurso de proteção contra olhares indevidos. Contudo, considerando que o desenvolvimento da novidade continua em andamento, qualquer anúncio só deve acontecer em 2022.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

  • Garimpeiro procurava ouro mas acabou encontrando um meteorito ainda mais valioso
  • Veja os benefícios que todo MEI tem direito e pouca gente sabe
  • O Galaxy S21 vai valer a pena na Black Friday?
  • Samsung anuncia Galaxy A03 com grande bateria, câmera de 48 MP e mais
  • Linha Oppo Reno 7 é oficial com três modelos e cara de iPhone