Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

Entenda o que é a receita recorrente e como ela ajuda na retenção de clientes


Você sabe o que é receita recorrente? Esse modelo é muito prático para clientes e empresas, trazendo inúmeras vantagens para os dois lados. Neste post, vamos explicar o que é a receita recorrente, qual a sua importância e como você pode implementar esse modelo no seu negócio. Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura!

O que é a receita recorrente?

A receita recorrente é um modelo de receita em que a empresa recebe um determinado valor automaticamente em um período determinado (como em todos os meses). Do lado do cliente, ele faz um pagamento recorrente (quinzenal ou mensal, por exemplo) para ter acesso a um serviço ou produto.

Um exemplo de empresa que trabalha com o modelo de receita recorrente é a Netflix, que cobra automaticamente uma mensalidade dos consumidores. Pensando em empresas que trabalham nesse modelo e vendem produtos físicos, podemos citar a TAG Livros, que envia um kit de leitura todos os meses aos seus clientes.

Qual a importância da receita recorrente?

A receita recorrente traz inúmeros benefícios para empresas de todos os tamanhos. Trouxemos 5 dessas vantagens para você, confira!

Retenção dos clientes

Como dissemos, o modelo de receita recorrente aumenta a certeza de que você receberá pelos seus serviços ou produtos.

Essa estratégia ajuda na retenção dos clientes, porque os pagamentos são feitos de maneira automatizada, e o consumidor só precisa registrar o cartão ou a cobrança automática uma única vez. Assim, o cliente não tem que se lembrar de emitir ou pagar um boleto, por exemplo.

Crescimento do negócio

A receita recorrente gera caixa constantemente para o negócio, trazendo a possibilidade de crescimento para as empresas que adotam esse modelo. Com um fluxo de caixa controlado e organizado, você pode investir em frentes importantes para o desenvolvimento do negócio com mais consistência.

Estabilidade de receita

Como o pagamento é recorrente, isso traz mais estabilidade e previsibilidade de receita para o negócio. Isso ajuda muito na organização financeira da empresa, já que você sabe os valores que vão entrar todos os meses (ou em determinado período).

Assim, você também consegue se planejar melhor e evitar situações de aperto financeiro, além de reduzir a inadimplência.

Planejamento de investimentos futuros

Sabendo exatamente quanto (e quando) você receberá pelos seus produtos e serviços, é possível pensar em médio e longo prazo. Você consegue fazer cálculos mais precisos e orçar projetos de maneira mais acertada.

Com isso, é possível investir de forma planejada no crescimento do negócio. Você pode pensar em expandir as suas estratégias de marketing ou fazer uma reforma na sua loja, por exemplo.

Redução do CAC

O CAC é o custo de aquisição por cliente. A receita recorrente ajuda a diminuir essa métrica, uma vez que aumenta a retenção. Isso significa que é mais simples renovar um contrato com o consumidor dentro desse modelo. Quanto mais tempo um cliente fica na sua empresa, menor é o CAC.

Por isso, você precisa investir em estratégias de fidelização dos clientes, para manter as assinaturas ativas.

Essa é apenas uma das dicas para implementar esse modelo na sua empresa, como você vai ver a seguir!

Como implementar o modelo de receita recorrente

Agora que você já entendeu a importância da receita recorrente, trouxemos algumas dicas para implementar o modelo no seu negócio.

Identificar a necessidade do mercado

Antes de adotar o modelo de receita recorrente, você precisa entender se ele faz sentido para o seu negócio. Além de pesquisar seus concorrentes, você também pode conversar com os seus clientes sobre o assunto.

Ademais, não é necessário começar tudo de uma vez. Você pode testar o modelo com alguns consumidores mais fiéis e expandir sua estratégia.

Uma vez que você tenha identificado a oportunidade e a necessidade de investir nessa estratégia, pode partir para o próximo passo: o planejamento.

Ter um bom planejamento

O planejamento é fundamental para qualquer iniciativa adotada na sua empresa, e isso não é diferente na receita recorrente. Se você já tem um negócio que funciona por meio de outro modelo, é importante planejar a forma de informar os seus clientes sobre a mudança.

Além disso, é preciso analisar como será feito o fluxo de caixa com a entrada de pagamentos recorrentes e quais plataformas serão utilizadas na gestão desses pagamentos.

Criar um clube de assinatura

Embora a receita recorrente seja um modelo muito adotado para serviços, empresas que vendem produtos também podem se beneficiar dele, criando programas de fidelidade ou um clube de assinatura. Nesse caso, o seu cliente paga um valor fixo para receber, por exemplo, uma caixa com as novidades da sua loja todos os meses.

Caprichar na entrega

Se você trabalha com produtos físicos, é importante caprichar na entrega desses itens, principalmente se eles são entregues mensalmente para os seus clientes. A entrega vai desde a embalagem até o cumprimento de prazos.

É fundamental que o produto, ou os produtos, cheguem em perfeitas condições à casa do cliente. Isso impacta inclusive o processo de fidelização. Se os consumidores percebem o cuidado da empresa na entrega, podem valorizar ainda mais a sua marca.

Cuidar do pós-venda

Quando falamos em receita recorrente, manter o cliente fidelizado é muito importante para permanecer com o contrato. Por isso, é fundamental cuidar do pós-venda do seu negócio. Nesse sentido, o suporte ao consumidor é fundamental.

É interessante manter o contato com os seus clientes, entendendo as novas necessidades que surgirem e oferecendo um atendimento adequado para cada problema.

Esquecer o consumidor depois da venda aumenta as chances de cancelamento da assinatura, comprometendo a receita do negócio.

Assim, faz sentido também enviar comunicações periódicas para os seus clientes e investir em e-mail marketing para comunicá-los sobre as novidades da empresa.

Usar a tecnologia

Dentro do modelo de receita recorrente, a utilização da tecnologia é muito importante para receber os pagamentos. Nesse sentido, você precisa contar com uma plataforma confiável e que faça a intermediação desses pagamentos.

O que você achou deste post? Para ficar por dentro das novidades do blog e saber mais sobre vendas e gestão de pequenos negócios, não deixe de assinar a nossa newsletter!

Até a próxima!



Veja mais