el-salvador-quer-criar-cidade-focada-em-bitcoin-com-usina-para-ajudar-na-mineracao

El Salvador quer criar cidade focada em bitcoin com usina para ajudar na mineração

El Salvador já é conhecido como a “nação do bitcoin” depois de ter adotado a criptomoeda oficialmente na economia do país em junho deste ano. Agora, os projetos do presidente Nayib Bukele estão ainda mais ambiciosos. O governo salvadorenho revelou que pretende construir uma “cidade do bitcoin” na base de um vulcão, com sua própria usina geotérmica para alimentar uma grande rede de mineração da criptomoeda.

  • NYCCoin: Nova York segue Miami e recebe criptomoeda municipal
  • O que é a mineração de criptomoedas? [Investimentos]
Bitcoin (imagem: Ewan Kennedy/Pexels)
Bitcoin (imagem: Ewan Kennedy/Pexels)

O governo de El Salvador anunciou o projeto no Twitter neste último domingo (21). A publicação diz que a nação centro-americana, que já é a primeira do mundo a adotar o bitcoin como moeda de curso legal, também será a primeira a ter uma cidade totalmente baseada na criptomoeda.

A “cidade do bitcoin” ficará perto de um vulcão ao longo do Golfo de Fonseca, entre La Unión e Conchagua. Ela terá sua própria usina geotérmica para concentrar a mineração do ativo digital na região. O mais interessante nessa história é que o governo vai fazer esse projeto acontecer na base de uma vasta lista de incentivos fiscais.

Não haverá impostos sobre capital, renda, folha de pagamento e nem sobre propriedade, apenas impostos sobre valor agregado. Sendo uma metrópole totalmente planejada, ela também será construída no formato de uma moeda.

Espera-se que a cidade traga toda a infraestrutura para chamar a população, com todos os serviços necessários disponíveis no local. No entanto, a localização do projeto de metrópole fica perto o suficiente de La Unión para que as pessoas se desloquem diariamente para trabalhar no novo empreendimento do governo salvadorenho.

O presidente Bukele não deu muitos detalhes e tampouco um cronograma para a criação dessa tal “cidade do bitcoin”. No entanto, ele revelou simultaneamente um “título de bitcoin” de US$ 1 bilhão. Metade seria usado para construir a infraestrutura energética e para a mineração, enquanto o resto seria usado para comprar mais unidades da moeda digital.

Bitcoin pode alavancar economia de El Salvador

Toda essa jornada salvadorenha pela transformação da economia do país com o bitcoin é um empreendimento histórico e uma grande aposta. El Salvador contava com um produto interno bruto de um pouco mais de US$ 24 bilhões em 2020. Segundo o governo de Bukele, agora a nação do bitcoin tem a oportunidade de impulsionar significativamente o crescimento econômico com a criptomoeda.

O presidente está contando com o ativo digital para trazer maior independência econômica para o país, que sempre dependeu do dólar americano e das decisões do Federal Reserve (Fed). Além disso, ele espera que as finanças migradas para o bitcoin se valorizem junto à criptomoeda. No entanto, a população não parece estar muito empolgada com a ideia de adotar a moeda digital no seu cotidiano. Será que a tal “cidade do bitcoin” conseguirá atrair residentes?

Com informações: BBC, CoinDesk

El Salvador quer criar cidade focada em bitcoin com usina para ajudar na mineração