Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

Descubra como funciona o processo de tomada de decisão empresarial


Você sabe como o processo de tomada de decisão empresarial funciona? O dia a dia de uma pessoa empreendedora é repleto de diferentes tomadas de decisão. E nem sempre você terá todas as informações que precisa, então, é preciso se preparar para propor os melhores caminhos e agir com rapidez e eficiência.

Nesse cenário, algumas métricas podem ajudar muito durante o processo de tomada de decisão empresarial, como SLA, taxa de conversão e taxa de sucesso das ligações. Esses indicadores são insumos relevantes para basear suas decisões.

No post de hoje, vamos explicar como funciona o processo de tomada de decisão, qual a importância desse aspecto para o crescimento do negócio e quais são os principais tipos de tomada de decisão empresarial. Também vamos mostrar algumas métricas que ajudam você nesse processo. Vem ler!

O que é e como funciona o processo de tomada de decisão empresarial?

O processo de tomada de decisão empresarial é caracterizado pela escolha do gestor ou empreendedor por determinada alternativa. As decisões podem ser feitas em relação aos problemas mais simples até os mais complexos, inclusive, quando você não tem o cenário completo, mas precisa decidir rapidamente.

As decisões também têm impactos diferentes na empresa. Assim, decidir contratar uma ferramenta de gestão não tem o mesmo peso de decidir o bairro para abrir a sua loja. As avaliações que o empreendedor faz em cada um dos casos levam em conta diferentes critérios.

O processo de tomada de decisão exige que você busque informações para entender o cenário e se contextualizar, avalie as opções em jogo e pese os prós e os contras de cada alternativa, para, então, escolher uma delas.

Agora, vamos ver melhor como as tomadas de decisão podem impactar o seu negócio. Confira!

Qual a importância da tomada de decisão empresarial para o crescimento do negócio?

A rotina do empreendedor é feita de tomadas de decisão que vão desde escolher onde almoçar até decidir sobre a criação de um novo produto, escolher uma parceria de negócio ou buscar um sócio para a empresa.

Nesse sentido, a tomada de decisão precisa focar no crescimento do negócio, nos benefícios e nos riscos de cada alternativa.

Quando bem feita, as tomadas de decisão encaminham a empresa para um futuro de sucesso. Mas é importante que você saiba identificar as oportunidades das alternativas que se apresentam, considerar o planejamento estratégico e as metas da empresa.

Uma dica é utilizar estruturas ou um sistema de pontuação, considerando a urgência e a prioridade, para ajudar na tomada de decisão empresarial.

Quais os tipos de tomada de decisão empresarial?

Existem vários tipos de tomada de decisão empresarial e cada situação demanda processos decisórios próprios.

Algo que você deve ter em mente na hora de tomar suas decisões na empresa é o propósito do negócio. As decisões não devem ultrapassar os valores organizacionais, que, inclusive, são elementos importantes para apoiar o processo decisório.

É preferível que as suas tomadas de decisão sejam embasadas em dados e argumentos sólidos, mas nada impede também de levar a sua intuição em conta. Por outro lado, é preciso ter discernimento na hora de seguir a intuição.

Quando falamos em tomada de decisão empresarial, há muita coisa em jogo e, dependendo do caminho tomado, os riscos podem ser maiores do que os benefícios.

Por isso, a tomada de decisão baseada em dados é uma das melhores opções para os negócios. Nesse sentido, monitorar os processos e medir os resultados é fundamental para fazer melhores avaliações.

Apostar em relatórios gerenciais também é uma boa estratégia, porque eles centralizam as informações mais importantes do seu negócio e que podem trazer insights relevantes para as suas tomadas de decisão.

Pensando nisso, vamos apresentar algumas métricas úteis para ajudar você no processo de tomada de decisão empresarial!

Quais métricas ajudam na tomada de decisão empresarial?

Separamos 3 métricas para você ficar de olho e tomar melhores decisões para o seu negócio. Confira!

Taxa de conversão

A taxa de conversão é um importante indicador das suas estratégias de marketing e vendas.

A partir dessa métrica, você consegue avaliar se as iniciativas estão funcionando ou precisam ser revisadas. Dependendo da sua avaliação, você tem mais segurança para discutir as ações com os times e tomar decisões.

A taxa de conversão é determinante para ter uma previsibilidade de vendas e fazer projeções, além de ser um poderoso indicador de crescimento do seu negócio.

Na hora de tomar decisões, também é importante considerar e comparar diferentes períodos para ter mais informações nas quais se basear.

SLA

O SLA determina as diretrizes do relacionamento com o cliente, inclusive os prazos de atendimento.

No processo de tomada de decisão empresarial é importante levar em consideração esses critérios para não prejudicar a empresa e ultrapassar as diretrizes estabelecidas.

Além disso, não seguir o SLA pode prejudicar o relacionamento com o seu cliente e a credibilidade do seu negócio.

Por isso, as decisões que envolvem o SLA acabam impactando diretamente o seu negócio; a equipe de atendimento precisa conhecer muito bem quais são os critérios envolvidos nesse processo para não ferir alguma diretriz do SLA, mesmo sem conhecimento.

Taxa de sucesso de ligações

A taxa de sucesso de ligações também é um indicador relevante para a tomada de decisão empresarial. Mas, primeiro, é preciso estabelecer o que vai determinar se uma ligação teve ou não sucesso.

Isso vale para todas as métricas do negócio: todos do time devem ter consciência sobre o que considerar em cada indicador.

Com essas definições, fica mais fácil acompanhar o indicador e utilizá-lo de forma eficiente para tomar suas decisões.

Quando os relatórios apontam que a taxa de sucesso é baixa, as suas decisões devem ter um direcionamento para mudar estratégias. E isso vale também para as outras tantas métricas utilizadas no seu negócio.

O que você achou do post de hoje? Para continuar lendo conteúdos relevantes para o seu negócio, confira este artigo: 5 dicas para otimizar serviços e produtos para o seu cliente!



Veja mais