Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

Conheça 5 lições dos maiores empreendedores do mundo!


Independentemente da etapa da jornada em que você está no universo do empreendedorismo, bons insights para melhorar as vendas e o crescimento organizacional são sempre bem-vindos, especialmente para pequenos negócios. Nesse sentido, vale muito a pena conhecer as principais lições dos maiores empreendedores do mundo.

A verdade é que as trajetórias desses grandes empresários são marcadas por muito trabalho duro e diversos momentos de superação, que, sem dúvida alguma, podem servir de inspiração para quem está à frente de pequenos empreendimentos. Pensando nisso, neste post, listamos 5 lições que provavelmente mudarão significativamente a sua perspectiva sobre determinados aspectos. Vamos conferir?!

1. “Seja um parâmetro de qualidade”

O perfeccionismo era, sem dúvida alguma, uma das características mais marcantes de Steve Jobs. No entanto, isso acabava gerando uma constante pressão sobre os seus colaboradores em prol do fornecimento de produtos com o nível de qualidade tão alto quanto possível.

Em contrapartida, a Apple, muito provavelmente, se tornou a companhia que mais conseguiu obter vantagens do fato de ter um público consumidor satisfeito e que, por si só, encarregava-se de divulgar os itens adorados. É claro que muito disso é creditado a Jobs, que, por mais de uma vez, reinventou a marca.

O seu foco voltado ao design, à facilidade de manuseio e à previsibilidade do que as pessoas queriam e/ou do que precisavam foi determinante para que a Apple saísse do papel de uma mera fabricante de computadores driblando dificuldades financeiras e, posteriormente, se tornasse gigante em segmentos que mudaram o modo como as pessoas consomem, comunicam-se etc. Para Jobs, é primordial focar aquilo em que você é bom e manter esse foco.

Afinal, “O simples pode ser mais difícil que o complexo: você tem de trabalhar duro para deixar o seu pensamento limpo e manter a simplicidade”.

2. “Enxergue deficiências no mercado como oportunidades”

As sábias palavras acima são de Ozires Silva, que, desde a infância, tinha o sonho de fabricar aviões. Entretanto, no início da fase adulta, quando realmente chegou o momento de escolher a carreira que seguiria, não havia nenhum curso de engenharia aeronáutica no Brasil. Logo, o sonho que trazia consigo desde pequeno parecia distante e o único caminho viável, aparentemente, era desistir.

Diante disso, Ozires poderia ter parado por aí, buscado outros sonhos e seguido outra carreira. Contudo, ele tomou a decisão de enxergar essa “deficiência” do mercado como uma oportunidade e continuou fazendo o possível para concretizar o objetivo que tinha.

Com isso, Ozires Silva não somente conseguiu cursar a sonhada faculdade, mas foi também o responsável pela abertura da primeira empresa de fabricação de aviões no Brasil — a Embraer.

3. “Você é tão bom quanto as pessoas que você contrata”

Essa lição é de Ray Kroc, um dos maiores empreendedores do mundo e ninguém menos do que o “cérebro” responsável pela formulação da rede de fast food Mc Donald’s. Para o empresário, de nada adiantava atrair poderosos investidores com um grande poder aquisitivo para investir no empreendimento ainda na fase inicial se os envolvidos não tivessem valores alinhados aos seus.

Por essa razão, Kroc fazia uma seleção a dedo da sua equipe e optava exclusivamente por aqueles que estavam realmente dispostos a entregar o seu melhor a cada dia. Além disso, outro legado igualmente importante marcado na sua trajetória é o foco total no consumidor, afinal, Kroc sempre acreditou que “se você cuidar do seu cliente, o seu negócio se cuidará sozinho”.

4. “O maior risco é não correr risco nenhum”

Naturalmente, o fundador da rede social com o maior número de acessos do mundo não poderia ficar de fora desta lista. Nomeado como um dos indivíduos mais influentes de todos os tempos pela TIME e conhecido como o bilionário mais jovem do mundo — à época, com 23 anos —, de fato, se Mark não tivesse se arriscado, não teria se tornado o protagonista da história bem-sucedida da gigante plataforma.

O Facebook “nasceu” enquanto Mark ainda estudava em Harvard e, inclusive, Zuckerberg sofreu acusações de ter “roubado” a ideia de outros alunos para uma rede nomeada como “Harvard Connection”. Para Mark, um dos maiores empreendedores do mundo, a única tática que inevitavelmente terá o fracasso como consequência garantida é não assumir riscos, afinal, como nós vivemos em um mundo que passa por constantes mudanças, manter-se na zona de conforto não é uma alternativa.

5. “Seus clientes menos satisfeitos são a maior fonte de aprendizado”

Fechando a nossa lista, Bill Gates é outro nome que não poderia ficar de fora e essa lição especificamente tem o intuito de nos mostrar o quão importante é aprendermos com os nossos próprios erros e, a partir disso, evoluirmos. Gates expandiu de modo exponencial o tamanho de sua representatividade no seu mercado quando adquiriu, no ano de 1891, um software de uma companhia de Seattle por US$ 75 mil.

O intuito era dar solução a uma demanda da IBM de um sistema operacional de 16 bits e a alternativa era menos custosa e mais rápida do que desenvolver um produto do zero na própria Microsoft. Entretanto, mais tarde, a solução viria a se tornar MS DOS e o seu autor passou a integrar a companhia.

Esse grande empreendedor bem-sucedido ainda afirma que é necessário que nos perguntemos frequentemente de que maneira nós podemos fazer os nossos clientes mais felizes e manter-se à frente no que tange à inovação. Afinal, se não o fizermos, haverá alguém que o fará.

Nesse sentido, Gates explica que, em se tratando de um consumidor insatisfeito, é sempre essencial entender o seu lado e, principalmente, o que gerou a insatisfação. Então, tais razões devem ser enxergadas como oportunidades de melhoria e é imperativo se utilizar do atendimento ao cliente para demonstrar o quanto a marca se importa com a sua opinião.

A verdade é que se aventurar no universo do empreendedorismo, independentemente do segmento, não é fácil. Embora muitos sonhem em ter um negócio próprio e até apostem as suas fichas nisso, posteriormente, acabam fracassando. Contudo, existem algumas estratégias que podem fazer toda a diferença na trajetória da marca, como as lições deixadas pelos maiores empreendedores do mundo. Por isso, tome-as como diretrizes a serem seguidas e veja os riscos do insucesso diminuírem.

Gostou do nosso post? Então, aproveite e nos siga no Instagram! Assim, você poderá acompanhar no feed todas as novas publicações!





Veja mais