Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

conceito, pra que serve, tipos, cálculo e mais!


Afinal, o que é PIB? Veja o que é Produto Interno Bruto, qual o significado do seu crescimento, quem tem o maior PIB do Brasil e muito mais. 

Se você quer saber o que é PIB, provavelmente está atento às notícias da economia mundial e deseja entender mais sobre o significado desse índice para o crescimento de um país, acertamos? 

Sua busca faz sentido, porque todo empreendedor precisa conhecer alguns conceitos econômicos e deve saber como esses indicadores podem influenciar o negócio.

Então, vem com a gente, pois preparamos este artigo com tudo sobre o Produto Interno Bruto.

O que é PIB

PIB é a sigla para Produto Interno Bruto, que significa a soma do valor de todos os bens e serviços produzidos em uma região durante um período de tempo. 

Em outras palavras, é uma medida das riquezas ou da força da economia de uma cidade, estado ou país.

Em 2021, por exemplo, o PIB do Brasil foi de R$8,7 trilhões.

Esse montante soma tudo que os brasileiros produziram durante o ano para ser vendido ao consumidor final: do quitute na doceria ao carro novo, do serviço de internet ao serviço doméstico.

O que é considerado para o PIB

Entra na conta do PIB todo bem ou serviço que chega ao consumidor final. 

Isso significa que o valor dos produtos ou serviços intermediários não entram nesse cálculo para não serem somados duas vezes. Vamos entender com um exemplo?

Exemplo do que entra na conta do PIB

O IBGE utiliza um exemplo muito claro para ilustrar o que vai entrar na conta do Produto Interno Bruto: a conta do pãozinho.

  • Durante um ano, a agricultura produz R$100 de trigo, vendido para o moinho.
  • O moinho produz R$200 de farinha, vendido para a padaria.
  • A padaria produz R$300 de pão, vendido para o consumidor final.

O que entra na conta do PIB é o valor do produto final. Ou seja, os 300 reais do pão, porque esse valor inclui os valores anteriores.

Como é calculado o PIB

O PIB é calculado com 3 métodos diferentes e o resultado de cada um deve ser igual.

Método 01: riquezas

Soma-se tudo que é produzido no país: o resultado da indústria, da agropecuária e da prestação de serviços.

Método 02: demanda

Aqui, tudo que é comprado entra na conta: consumo das famílias e até o consumo do governo.

Método 03: renda

Por fim, neste método são somadas todas as remunerações. Salários, juros, dividendos para quem investe e aluguéis, por exemplo.

O que é o PIB per capita

O PIB per capita é o valor do Produto Interno Bruto de uma região dividido pelo número de pessoas que ali vivem. Em outras palavras, é o PIB por pessoa.

Por exemplo: o PIB per capita do Brasil em 2021 foi de mais de R$40 mil, o que significa o valor total do PIB (8,7 trilhões de reais) dividido pelo número de habitantes do Brasil – algo em torno de 213 milhões de pessoas.

Quais são os tipos de PIB

Existem dois tipos de PIB: o nominal e o real. O PIB real desconsidera a inflação para o cálculo. Já o PIB nominal considera a variação de aumento ou queda de preços.

Vamos a um exemplo?

  • Imagine que o PIB de um país é de 1 trilhão de reais em 2020. No ano de 2021, a atividade econômica permaneceu igual – ou seja, o PIB permaneceu o mesmo. Mas os preços aumentaram 10% por causa da inflação.
  • Neste cenário, o PIB real permaneceria em 1 trilhão de reais. Já o PIB nominal contaria com o aumento da inflação, ficando em 1,1 trilhão de reais.

Os economistas costumam utilizar o PIB real para fazer os cálculos de Produto Interno Bruto. Assim, realizam a soma dos bens e serviços do país e utilizam tabelas de anos anteriores para entender o real crescimento da economia.

Para que serve o PIB

O PIB serve para entender, de maneira geral, como está a economia de uma região. Através do PIB é possível fazer algumas análises importantes. Veja as principais.

Medir quanto uma região está produzindo em dinheiro

Como o PIB é a soma do valor de todos os produtos e serviços produzidos para o consumidor final, é possível compreender quanto em dinheiro que a região produz. 

Por isso, o PIB é uma forma de medir a riqueza ou o tamanho economia de uma cidade, estado ou país.

Analisar o crescimento econômico

É possível perceber se uma região está crescendo economicamente através da análise do PIB de anos anteriores. De um modo geral, PIB mais alto significa mais dinheiro circulando – o que geralmente é resultado de mais empregos.

Mas para uma análise completa de crescimento econômico é importante cruzar a informação do Produto Interno Bruto com outros dados sobre a região, como o índice de inflação e a taxa de desemprego.

Comparar economias

O PIB permite comparar a economia de regiões diferentes. Isso porque, basicamente, o PIB significa a soma das riquezas e permite entender de forma global quais são as áreas mais ricas ou com a economia mais forte.

Ser seu próprio chefe é um desafio enorme, né? Por isso, preparamos uma newsletter exclusiva pra você. Assine agora mesmo!

O que o crescimento do PIB significa?

O crescimento do PIB significa que mais produtos e mais serviços foram produzidos em uma região em comparação com o período anterior.

O PIB está relacionado com o crescimento econômico porque funciona como um ciclo: mais bens e serviços produzidos podem significar aumento do consumo, que por sua vez pode estar ligado ao aumento da renda proveniente do aumento do emprego e da redução da inflação.

Em contrapartida, o PIB decrescente pode representar a diminuição do consumo – o que geralmente acontece por causa da redução da renda, proveniente da falta de emprego e aumento da inflação.

Mas é importante compreender que o PIB é um indicador que mostra de maneira geral a riqueza bruta de um país.

É uma medida importante, claro. 

Mas para compreender com maior profundidade a economia e o desenvolvimento de uma região, são necessários outros indicadores para analisar em conjunto. Inclusive, esse é um lembrete feito pelo próprio IBGE, ao divulgar os dados. Entenda mais, abaixo.

PIB alto não significa qualidade de vida

Como explicamos, o PIB significa a soma de riquezas de uma região e por isso é um indicador econômico importante. 

PIB alto e em crescimento geralmente é um bom sinal porque quanto mais empregos, maior é o consumo. E quanto mais consumo, mais bens e serviços são produzidos.

Mas atenção: geralmente é um bom sinal. Economistas sempre alertam que PIB alto de uma região não necessariamente significa que nela há qualidade de vida para seus habitantes.

PIB e IDH: a diferença

A qualidade de vida das pessoas está ligada ao Índice de Desenvolvimento Humano – o famoso IDH, sigla da qual possivelmente você também já ouviu falar.

Enquanto o PIB é uma medida relativamente mais simples, uma vez que é a soma do valor de produtos e serviços produzidos em uma região, o IDH é um índice mais complexo, que analisa outros pontos econômicos e sociais.

PIB alto pode ser bom – mas nem sempre quer dizer IDH alto

Um PIB alto nem sempre significa um IDH alto. Há países em que o PIB é alto, mas a distribuição dessas riquezas é bastante desigual – o que afeta a qualidade de vida das pessoas. Nesses lugares, o IDH será mais baixo.

Em contrapartida, existem áreas com o PIB mais baixo, porém IDH alto.

Por exemplo:

  • Em 2020, o PIB da China foi o segundo maior do mundo – ultrapassou 14 trilhões de dólares. Nesse mesmo ano, o IDH da China estava na 85º posição: índice de 0,761.
  • Em 2020, a Noruega ficou com a 29ª posição no ranking do PIB: 320 bilhões de dólares. No mesmo ano, ocupou o primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento Humano: 0,957 de IDH.

Neste vídeo do IBGE você pode complementar sua leitura e aprender mais sobre o que é PIB e como ele é calculado. Vale a pena a assistir!

Qual é o PIB do Brasil

O PIB do Brasil em 2021 foi de R$8,7 trilhões – o que representa um crescimento de 4,6% em relação ao PIB de 2020. 

Esse valor recupera a queda de 3,9% que o PIB brasileiro teve em 2020 no comparativo com 2019. No entanto, ainda fica abaixo da média de crescimento mundial: 5,5%.

O Brasil está na 13ª posição no ranking do PIB. Ou seja, é a décima terceira maior economia do mundo. A colocação brasileira vem caindo desde 2017, quando o país ocupava o 8º lugar. 

Economistas dividem opiniões, mas de um modo geral há expectativa de melhora da posição brasileira com o final da crise de saúde mundial. 

Qual é o maior PIB do Brasil

O estado com o maior PIB do Brasil é São Paulo, com um Produto Interno Bruto de R$2,3 trilhões de reais em 2019 segundo dados do IBGE. Na sequência fica o estado do Rio de Janeiro, com R$779 bilhões.

Veja um breve ranking com os 10 estados brasileiros de maior PIB em 2019:

  • São Paulo: mais de R$2,3 trilhões.
  • Rio de Janeiro: mais de R$779 bilhões.
  • Minas Gerais: mais de R$651 bilhões.
  • Rio Grande do Sul:  mais de R$482 bilhões.
  • Paraná: mais de R$466 bilhões.
  • Santa Catarina: mais de R$323 bilhões.
  • Bahia: mais de R$293 bilhões.
  • Distrito Federal: mais de R$273 bilhões.
  • Goiás: mais de R$208 bilhões.
  • Pernambuco: mais de R$197 bilhões.

Qual é o maior PIB do mundo

O maior PIB do mundo é dos Estados Unidos, ocupando o topo do ranking de 2021 com um Produto Interno Bruto de mais de 21 trilhões de dólares.

Em segundo lugar está a China, com PIB de mais de 17 trilhões de dólares.

No ranking mundial de 2021, o Brasil aparece em 13º lugar: PIB de mais de 1,6 trilhões de dólares.

Gostou de aprender o que é PIB? Conta pra gente nos comentários!

O Dindim por dindim é o portal da SumUp feito para ajudar você a melhorar sua vida financeira. Aqui você vai aprender sobre finanças pessoais e empreendedorismo com quem mais entende do assunto. Ainda não conhece a SumUp? Venha saber mais sobre as nossas maquininhas e soluções financeiras.



Veja mais