Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

Como escolher a melhor caneta touch para iPad


A Apple é uma das marcas mais conhecidas e competentes quando o assunto é tablet, sendo a Samsung uma de suas poucas concorrentes dentro do mercado nacional. Esses aparelhos são práticos e utilizados, majoritariamente, para o consumo de conteúdo multimídia, por estudantes e profissionais que trabalham com a parte da arte e do design no geral.

Logo, produtos como as canetas touch, por exemplo, costumam ser itens primordiais e importantes para o conforto e a usabilidade, já que algumas atividades dependem diretamente do uso desse tipo de acessório.

Todavia, quando falamos dos iPads, existem alguns pontos que necessitam de certa atenção, principalmente porque a compatibilidade entre as stylus e eles dependem, diretamente, do modelo do aparelho em si.

Dessa forma, explicaremos nesse artigo quais itens devem ser observados, bem como daremos algumas opções de canetas touch disponíveis para os diferentes modelos da gigante de Cupertino. Confira na nossa matéria.

Como descobrir qual caneta touch é compatível com o meu iPad?

Apesar de as canetas touch realizarem as mesmas funções, existem algumas questões que as fazem não compatíveis com todos os modelos de iPad disponíveis no mercado. O emparelhamento, por exemplo, é uma das razões pelas quais a Apple Pencil de 1ª geração não pode ser utilizada em um iPad que só suporta a Pencil de 2ª geração.

Sendo assim, a forma mais fácil e aconselhável para checar se a stylus é compatível com aquele aparelho (ou não) é através do site da própria fabricante. No caso da Maçã, eles disponibilizam um link com todas essas informações, assim o usuário não corre o risco de comprar o acessório incorretamente.

Já no caso das outras opções disponibilizadas, as marcas costumam colocar os modelos e aparelhos suportados no próprio site, bem como o ano em que ele foi construído. Dessa forma, o usuário precisará observar o modelo e o ano em que o iPad foi fabricado, já que o iPad Mini 6 4 (2015) pode não aceitar a mesma caneta que o iPad Mini 6 (2021).

Observadas essas questões, é possível comprar a caneta touch compatível com seu iPad, garantindo a usabilidade e desempenho necessários para as mais diferentes tarefas. Abaixo, deixamos alguns modelos desse acessório para os tablets da Maçã.

Apple Pencil (1ª geração) (Imagem: Reprodução/Apple)

Melhores canetas touch para iPad

Apple Pencil (1ª geração)

A Apple Pencil de 1ª geração foi a primeira caneta lançada pela gigante de Cupertino para usuários de iPad. Ela é feita em plástico liso, branco e com formato cilíndrico.

Inclusive, esse era um motivo de bastante reclamação por parte dos fãs da marca, já que não era nada incomum perdê-la de vista quando colocada em cima de alguma superfície. Ela acabava “rolando” e caindo no chão e transformava a usabilidade em algo desagradável.

  • Comprimento: 175,7 mm;
  • Diâmetro: 8,9 mm;
  • Peso: 20,7 gramas.
  • Conexões: Bluetooth e Lightning.

Seu carregamento é feito através do conector Lightning disponibilizado na ponta do modelo, já que essa versão não conta com o suporte magnético. Dessa forma, existem duas maneiras de recarregar a bateria da caneta: através do adaptador disponibilizado na caixa, ou plugando o acessório diretamente na entrada do mesmo padrão no iPad.

Em termos de desempenho, as duas canetas da marca apresentam performance bastante semelhante, já que ambas têm ponteiras idênticas e são sensíveis à pressão, inclinação e traço instantâneo. Por fim, seu preço gira em torno de R$ 900, aproximadamente.

Apple Pencil (2ª geração)

Já a segunda versão da Apple Pencil foi mais bem pensada pela fabricante, já que muitas das melhorias apresentadas foram sugestões dos próprios usuários do acessório. Começando pelo seu formato que passa a ter um dos lados achatados, evitando justamente o problema de a caneta ser perdida durante o uso.

Outra mudança bem-vinda foi na parte da fixação magnética e carregamento por indução, dispensando a necessidade de utilizar cabos ou a porta Lightning para recarga da bateria do acessório. Ele também fica acoplado na parte superior do tablet, facilitando bastante a usabilidade no geral.

  • Comprimento: 166 mm;
  • Diâmetro: 8,9 mm;
  • Peso: 20,7 gramas;
  • Conexões: Bluetooth.

Essa versão, diferentemente da primeira, tem suporte aos gestos na parte achatada do produto. Nela, é possível alterar a ferramenta da caneta sem a necessidade de fazer isso pela tela. Como disse mais acima, em relação ao desempenho elas são bastante semelhantes, ficando as mudanças mais perceptíveis na parte da utilização.

No entanto, apesar das mudanças positivas na troca das gerações, é importante salientar que a compatibilidade das canetas depende, diretamente, da versão do iPad a ser utilizada, exatamente como falamos mais acima. Seu preço fica em torno dos R$ 1.300, aproximadamente.

Apple Pencil de 1ª e 2ª geração (Imagem: Mukul Joshi/Unsplash)

Logitech Crayon

Além das opções cedidas pela Maçã, algumas marcas possuem canetas que também servem para alguns iPads, dependendo da geração que o usuário tiver. A Crayon, da Logitech, é um desses exemplos. Ela serve para os aparelhos nas versões a partir de 2018 e posteriores.

  • Altura: 163 mm;
  • Largura: 12 mm;
  • Profundidade: 8 mm;
  • Peso: 20 gramas.

Assim como nas Apple Pencil, a stylus da Logitech tem o “palm rejection”, recurso esse conhecido pela palma da mão não atrapalhar a usabilidade. Há também o sensor de pressão e inclinação, bastante útil em situações de escrita e desenho, por exemplo.

Seu carregamento é feito através de um cabo USB-C na ponta, além de sua bateria ter autonomia bastante considerável. São até 07h30 de tempo de escrita ativa. Ela também suporta queda de até 1,2 metros, garantindo mais segurança durante o uso.

O produto é compatível com vários apps e programas importantes para quem trabalha com ilustrações, garantindo praticidade no dia a dia. Seu preço gira em torno de R$ 600, aproximadamente.

Logitech Crayon (Imagem: Reprodução/Logitech)

Pencil WB

A Pencil WB é uma caneta touch bastante semelhante ao modelo disponibilizado pela Logitech. Ela serve para todos os modelos de iPad fabricados após o ano de 2018, então atente-se a essa questão na hora da compra.

  • Dimensões: 16 cm x 1 cm x 1 cm.

Ela é a caneta touch mais barata da nossa lista, custando em torno de R$ 200, aproximadamente. Assim como a Crayon, ela também é recarregável através de uma USB-C, além de ter o mesmo formato que a Apple Pencil de 2ª geração.

Pencil WB (Imagem: Reprodução/WB)

O “palm rejection” também funciona nesse modelo, facilitando bastante na hora das anotações, escrita ou desenhos no geral. Segundo a fabricante, a bateria tem autonomia de até 20 horas em escrita ativa, bastando 1 hora para que ela recarregue totalmente.

Dentro da caixa do produto, é enviado mais uma ponta extra, que é bastante útil no caso de desgaste ou queda do produto. No geral, a Pencil WB é completa, com boas funções e é o melhor custo-benefício entre todas citadas.

Esperamos que nossas sugestões te auxiliem na compra da sua nova caneta touch para iPad. Até a próxima!



Veja mais