Chefe da NASA reclama de lixo espacial: ‘perigoso e vergonhoso’


O astronauta e ex-senador Bill Nelson, que agora assumiu como administrador da NASA, reclamou da atual situação do lixo espacial na atmosfera da Terra. A opinião foi publicada em uma entrevista do executivo para a CNN.

“É perigoso e vergonhoso para todos, incluindo os Estados Unidos, que permitiram que resíduos espaciais ficassem lá em cima. (…) Então, uma resposta rápida para a sua pergunta: é muito perigoso e nós temos que fazer com que as nações parem de jogar esse lixo”, afirmou Nelson.

Para ele, o maior risco é que resíduos de equipamentos e satélites fora de uso sejam letais durante missões tripuladas. Pedaços de metal a altas velocidades podem atingir a própria Estação Espacial Internacional, por exemplo, ou então danificar o traje de um astronauta no meio de uma caminhada espacial.

Casos recentes

Recentemente, a própria Estação Espacial Internacional despejou toneladas de lixo em órbita e, dias depois, foi atingido por detritos em uma colisão. A China também foi criticada este ano após a recente queda de um satélite.

A “faxina” na atmosfera é uma preocupação antiga de agências espaciais. Entre projetos de limpeza, há iniciativas que ainda não foram colocadas em prática da SpaceX e de uma companhia de origem japonesa.

Nelson afirmou que a NASA vai cooperar no gerenciamento desses materiais, mas não detalhou que ações podem ser feitas.

Continuar lendo >>

DIVULGALINK We would like to show you notifications for the latest news and updates.
Dismiss
Allow Notifications