‘cardano-esta-bem’,-diz-fundador-apos-etoro-retirar-a-moeda

‘Cardano está bem’, diz fundador após eToro retirar a moeda

Charles Hoskinson, fundador e líder da Cardano (ADA), comentou sobre a decisão da exchange eToro de retirar a ADA de sua plataforma de negociações.

Na terça-feira (23), a exchange israelense eToro anunciou que impossibilitaria que seus clientes baseados nos Estados Unidos realizassem operações com Cardano e Tron (TRX) até final do ano.

A partir de 2022, estes clientes não poderão abrir novas posições nestes tokens, podendo realizar saques somente até o final de março. Segundo a exchange, a decisão foi tomada devido preocupações regulatórias envolvendo ambos os ativos.

A decisão gerou surpresa no mercado. Ao contrário de projetos cripto de privacidade e do token XRP (XRP), pivô do processo envolvendo a SEC e a Ripple Labs, a Cardano nunca foi alvo de órgãos reguladores dos EUA ou de outras grandes economias globais.

  • O que achou dessa notícia? Venha conversar sobre ela no grupo do BeInCrypto no Telegram!

O criador da Cardano publicou um vídeo em seu perfil no Twitter dando a sua visão sobre o assunto no mesmo dia que a eToro comunicou sua decisão.   

Cardano não enfrenta problemas

Hoskinson afirma que a Cardano não enfrente nenhum problema regulatório, seja nos EUA ou em outro país. Segundo ele, a decisão da eToro seria algo isolado, e não algo do mercado cripto em geral.

“Não há problemas do nosso lado. Nunca recebemos qualquer intimação ou intimação regulatória ou qualquer uma dessas coisas. Está tudo bem. Cardano está bem. A liquidez está melhorando – não permita que as pessoas espalhem o medo, a incerteza e a desinformação. É apenas um exemplo de milhares de empresas independentes que tomam decisões para seus negócios, e algumas dessas decisões são ótimas para Cardano e outras não”.

Para enfatizar o fato do mercado não estar vendo o token ADA com maus olhos, o matemático usa como exemplo a listagem recente do ativo na Bitstamp. Ele enfatiza que a exchange possui um volume de negociações maior que a eToro, está sob a mesma estrutura regulatória e também possui clientes nos EUA.

Dessa forma, ele conclui que a decisão da eToro não seria “uma tendência de algo significativo”, sendo apenas um ajuste da política de controle de riscos da exchange. O fundador da Cardano ainda ressalta que a eToro continua oferecendo negociações da ADA para os seus clientes baseados em outros países.

Falta de clareza regulatória

Apesar de querer tranquilizar seus ouvintes, Hoskinson admite ter sido “pego de surpresa” sobre a decisão da eToro. Ele também comenta que há atualmente uma falta de clareza sobre uma regulamentação global envolvendo criptomoedas.

Usando os EUA, índia, Japão e El Salvador como exemplos, o matemático comenta que as diferentes visões dos governos sobre ativos cripto muitas vezes prejudicam as atividades de projetos e empresas deste setor.

Por fim, ele diz que uma estrutura regulatória norte-americana sobre o mercado cripto poderia servir como “um ponto de referência para o resto do mundo”, ajudando inclusive a diminuir os danos causados pelo avanço do projeto de infraestrutura dos EUA.

O governo Biden pretende custear parte deste projeto cobrando novos impostos sobre criptomoedas, o que é interpretado por Hoskinson como um dos motivos das quedas gerais que o mercado tem sofrido nas últimas semanas.

Segundo o CoinGecko, a ADA acumula uma desvalorização de 21,3% nos últimos 30 dias. Sendo negociada a US$ 1,69 no fechamento da matéria, o ativo caiu mais de 45% em relação a sua máxima histórica de US$ 3,09 alcançada no começo de setembro deste ano.

O artigo ‘Cardano está bem’, diz fundador após eToro retirar a moeda foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.