Caixa anuncia pausa no pagamento; saiba mais

Aqueles que recebem auxílio emergencial ou seguro-desemprego podem solicitar pausa no pagamento do crédito imobiliário. Confira mais detalhes sobre o assunto.

Pausa no pagamento do crédito imobiliário: prédio da Caixa Econômica Federal

Para o público em geral, a Caixa vai disponibilizar redução de parcelas do crédito imobiliário. – Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Na última segunda-feira, dia 07 de junho, a Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou novas condições a respeito do crédito imobiliário. Haverá pausa de até seis meses no pagamento das parcelas, especificamente para quem recebe auxílio emergencial e seguro-desemprego. As medidas foram anunciadas pelo próprio presidente do banco, Pedro Guimarães.

Para o público em geral, a Caixa também vai disponibilizar algumas condições para o pagamento do crédito imobiliário. Guimarães informou que será concedida quitação parcial, com redução de até 25% da parcela por até seis meses. Outra possibilidade diz respeito à diminuição de 25% a 74,99% da cota, dentro do prazo máximo de 90 dias.

Aqueles que comprovarem perda de renda, por sua vez, deverão contar com redução de mais de 75% no valor das prestações. Em qualquer dos casos, os pedidos de pausa e de redução das parcelas do crédito imobiliário devem ser realizados pelo aplicativo Habitação Caixa (Android e iOS). Conforme o presidente do banco, as novas condições têm o propósito de auxiliar as famílias nas reorganizações das dívidas.

Pausa no pagamento do crédito imobiliário e redução das parcelas

As pausas nos pagamentos do crédito imobiliário, conforme a Caixa, podem ser de até seis meses para quem recebe auxílio emergencial ou seguro-desemprego. No entanto, não haverá a necessidade de pagar imediatamente após o fim do prazo. Os valores ainda não quitados, durante a vigência da negociação, serão incorporados ao saldo devedor do contrato.

Por conseguinte, as quantias vão ser diluídas no período que ainda resta para cada pessoa. Confira as principais condições para o pagamento de crédito imobiliário, que foram anunciadas pela Caixa:

  • Será possível reduzir o valor da parcela em até 25% por, no máximo, seis meses;
  • Também haverá a possibilidade de pedir reduções entre 25% e 74,99% durante até três meses, desde que os clientes apresentem autodeclaração de perda de renda;
  • Para reduções acima de 75%, os clientes deverão apresentar documentos que comprovem a perda de renda. O banco vai avaliar o contexto de cada um dos solicitantes;
  • A pausa no pagamento do crédito imobiliário estará disponível pelo prazo de seis meses para quem recebe seguro-desemprego ou auxílio emergencial. Além do app Habitação Caixa, o pedido de pausa poderá ser feito pelo número 0800 104 0104.
Bruno Destéfano

Redator

Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem “Insurgência – Crônicas de Repressão”. Atualmente, trabalha como redator web no site “Concursos no Brasil” e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Continuar Lendo

DIVULGALINK We would like to show you notifications for the latest news and updates.
Dismiss
Allow Notifications