Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

BOE pode perder milhões de encomendas de telas OLED


BOE (Beijing Oriental Eletronics), famosa fabricante de displays, tem uma parceria com a Apple na fabricação de telas OLED, a empresa também está na fabricação de tela para o iPhone 13.

Segundo informações a BOE pode esta prestes a deixar milhões de encomendas de telas para, iPhone 14, apesar de a empresa ter sido oficializada como fornecedora de telas para os dispositivos da Apple.

Há um relatório The Elec, onde relata que a empresa ainda não recebeu nenhuma aprovação da Apple para a fabricação de telas OLED para iPhone 14 e sendo assim, se não for aprovada a tempo, a BOE poderá ter um prejuízo de 30 milhões de telas OLED para os iPhones de 2022.

BOE alterou parcialmente a tela OLED do iPhone 13

O iPhone 14 será o primeiro da série em cinco anos que não usará o design com um corte, isso será para alguns modelos da série. Está relatado também que o valor do iPhone vai aumentar em relação ao seu antecessor.

Tudo isso tem uma razão, segundo o relatório a BOE alterou parcialmente o design da largura dos painéis OLED do iPhone 13. O que indica, é que a mudança foi para aumentar a taxa de produção e o resultado foi que a Apple pediu a BOE para parar com a produção de painéis, essa parceria foi interrompida em fevereiro.

O The Elec relata que o fabricante de monitores mandou um executivo, acompanhado por alguns empregados para explicar as alterações no design, mas não obteve resposta.

No que se sabe é que a Apple quer aumentar o número de empresas fabricantes de telas para o iPhone 14.

A Apple quer aumentar e diversificar e o número de fornecedores, sendo assim ela poderá negociar valores melhores. Para a Apple vai ser bom, porque vai poder escolher entre várias empresas e elas vão lutar para conseguir que suas licitações sejam aprovadas.



Veja mais