blockchain-da-argentina-parou-de-funcionar-ha-mais-de-um-mes

Blockchain da Argentina parou de funcionar há mais de um mês

A Blockchain Federal Argentina é uma rede blockchain do qual participa um conglomerado de organizações, instituições e empresas do país. A atividade da cessou há um mês, fazendo com que muitos questionassem sua utilidade.

Na última sexta-feira (19), um usuário no Twitter comentou como o aplicativo blockchain poderia trazer maior eficiência para governos em diversos setores. Julián Dragonsch verificou o status da Blockchain Federal Argentina, e para sua surpresa, foi notado uma total ausência de atividade na rede.

  • O que achou dessa notícia? Venha conversar sobre ela no grupo do BeInCrypto no Telegram!

No fechamento desta matéria, 25 dias haviam se passado sem que a rede tivesse minerado um único bloco, embora a cessação da mineração em pouco exceda o mês de inatividade, visto que parou no bloco 19353540.

Por enquanto, não houve manifestação oficial da entidade. Seu último tuite foi feito no dia 19 de outubro, próximo a 26 de outubro, data do último bloco minerado.

Existem duas hipóteses para a inatividade. A primeira é que o projeto possui falhas ou que ocorreu um erro de programação que precisa ser corrigido pela equipe de desenvolvimento.

Outra hipótese seria que o projeto carece de manutenção, o que também é um sinal negativo. Ambas as opções são terríveis, já que a cessação da mineração de uma blockchain significa que ela não está mais funcionando.

Blockchain na Argentina

A rede Blockchain Federal Argentina é explorada através de prova de participação (PoS), e entre seus validadores estão reconhecidas instituições públicas e privadas do país. Alguns exemplos seriam a Superintendência de Riscos do Trabalho, a Agência Nacional de Segurança Viária, a rede de operações bancárias Red Link, a Prefeitura Naval e diversas universidades.

A Blockchain Federal Argentina nasceu em 2018 graças à iniciativa de três organizações:

  • A Câmara Argentina da Internet (Cabase)
  • Nic Argentina
  • A Associação de Redes de Interconexão Universitária (ARIU)

Anteriormente, este projeto passou a abrigar documentos oficiais do Estado devido a pandemia do Covid-19, cumprindo o objetivo do projeto de registrar processos como licitações, rastreabilidade de alimentos, títulos acadêmicos e apólices de seguro.

A Blockchain Federal Argentina pretende ser uma solução blockchain que “não precisa de moeda virtual”. No entanto, parece que a sua cadeia de blocos não precisa de qualquer mineração ou manutenção, de acordo com as suas métricas.

O artigo Blockchain da Argentina parou de funcionar há mais de um mês foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.