black-friday-2021:-inflacao-e-culpada-pelo-aumento-de-precos-para-86%-dos-brasileiros

Black Friday 2021: inflação é culpada pelo aumento de preços para 86% dos brasileiros

Com o final do ano próximo, a atividade do comércio começa a esquentar com a proximidade das festas de final de ano, e ainda mais recentemente com a implementação da Black Friday, de tradição ianque, por aqui. A expectativa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico é grande para o ano: R$ 6,4 bilhões a serem movimentados nesta sexta-feira (26), uma quantia 25% maior que a do ano passado. Ao mesmo tempo, os preços aumentaram bastante (e a atenção a “black fraudes” também), e 86% dos brasileiros acreditam que a inflação é a culpada.

A informação é da pesquisa Exame/Ideia realizada entre os dias 18 e 22 de novembro, e que ouviu 1.277 pessoas sobre o consumo nesta data. Vale lembrar que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), valor que é considerado a inflação oficial do Brasil, atingiu 10,67% entre outubro de 2020 e 2021 — e a realidade desses aumentos o consumidor já conhece. Na pesquisa, 60% consideram que os alimentos foram os produtos que mais inflacionaram, seguido dos eletrodomésticos (29%) e celulares (24%).

Em relação a quem aproveitou a Black Friday do ano passado, diminuíram as pessoas que pretendem gastar mais de R$ 1.000 — de 31% para 24%—, bem como na faixa até R$ 500 —de 20% para 17%. Além disso, 75% dos entrevistados pretendem antecipar as compras do Natal nessas promoções atuais. Entre os produtos mais desejados estão roupas (47%), calçados (32%) e celulares (21%).

Clique aqui para ler mais