Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

Bill Gates questiona o futuro do Twitter sob liderança de Elon Musk


Na última quinta-feira (5), o cofundador da Microsoft Bill Gates demonstrou preocupações em relação ao possível aumento da desinformação no Twitter sob a liderança de Elon Musk. A fala foi feita durante a Cúpula do Conselho de CEOs do The Wall Street Journal.

Para Gates, o Twitter sob Musk pode ficar pior, e o ex-CEO da Microsot ressaltou que vai acompanhar a evolução da plataforma com a nova liderança. Além disso, ele também questionou sobre os objetivos do fundador da Tesla com a aquisição do Twitter e o seu discurso de liberdade de expressão — que tem levantado diversos debates entre os usuários da plataforma por contribuir com um possível aumento da desinformação.

“Quais são os objetivos dele? Isso combina com essa ideia de falsidades menos extremas se espalhando tão rapidamente e teorias da conspiração estranhas? Ele compartilha desse objetivo ou não?” disse Gates.

O próprio cofundador da Microsoft já foi um alvo de teorias da conspiração resultantes da desinformação durante a pandemia do Covid-19. Na ocasião, houve alegações de que ele estaria usando vacinas como um meio de implantar chips 5G para rastrear a localização das pessoas.

Gates vs Musk

Para Gates, plataformas de mídia social têm um papel importante quando se trata de garantir que a verdade seja compartilhada de forma eficaz.

Twitter sob Elon Musk pode ficar melhor ou pior, segundo Bill Gates (Imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

“Quando você não tem líderes confiáveis ​​falando sobre vacinas, é muito difícil para a plataforma trabalhar contra isso”, ele admitiu. “Então, acho que temos um problema de liderança e um problema de plataforma.”

“A maneira como você faz essas plataformas espalharem a verdade e não coisas malucas, isso exige alguma invenção real [para ser corrigido]”, disse Gates. ″É um grande problema em termos de legitimidade de eleições ou inovações médicas e qualquer tipo de comportamento coletivo”, acrescentou.

O cofundador da Microsoft disse que ainda não está claro o que Elon Musk pretende fazer de fato, mas ele ponderou que o bilionário não tem um histórico de piorar os negócios que adquire. “Devemos ter uma mente aberta e nunca subestimar Elon”, disse.

Nas últimas semanas, o novo proprietário do Twitter sugeriu diversas mudanças para a plataforma, incluindo a redução do preço do Twitter Blue, a remoção de propaganda para membros premium e a cobrança de taxa para o uso da rede social por parte de empresas e governos.

Desentendimentos no passado

Esta não é primeira vez que os bilionários trocam farpas, apesar de Gates achar o trabalho de Musk com a Tesla e a SpaceX “impressionantes”.

No mês passado, ambos entraram em uma discussão durante uma troca de mensagens de texto vazadas, onde Musk confrontou Gates por não fechar uma posição vendida de US$ 500 milhões (R$ 2,5 trilhões) na Tesla.

“Desculpe, mas não posso levar a sério sua filantropia sobre as mudanças climáticas quando você tem uma enorme posição vendida contra a Tesla, a empresa que mais faz para resolver as mudanças climáticas”, retrucou Musk.

“A popularidade dos carros elétricos levará a mais concorrência para vender esses carros”, disse Gates. “Há uma diferença entre a adoção de carros elétricos e as empresas se tornarem infinitamente valiosas”, acrescentou.

Fonte: CNBC



Veja mais