bahia-podera-ter-o-primeiro-consorcio-publico-de-transito-no-pais.

Bahia poderá ter o primeiro consórcio público de trânsito no país.

A consolidação do transporte em consórcio pode em breve se tornar realidade nas 16 cidades baianas. O estado foi o pioneiro no país a realizar a integração ao Sistema Nacional de Trânsito, por meio de consórcio público.

O projeto foi apresentado em evento realizado pelo Consórcio Portal do Sertão na última sexta-feira (19), e reuniu representantes da Secretaria de Estado dos Transportes (Detran-BA), Comissão Estadual de Transportes (Cetran) e prefeitos relacionados. 

A novidade é uma resposta ao desafio de melhorar a mobilidade urbana nas pequenas cidades e poderá ser adotada na Bahia.

Rodrigo Pimentel, diretor-geral do Detran-BA, explicou que a viabilização do consórcio contribui para a qualificação e desenvolvimento dos municípios.

Pimentel reforça que, “A fluidez do trânsito atrai empresas e investimentos para as cidades, pontuando positivamente no momento da implantação. Ou seja, o consórcio é uma decisão importante com impacto na segurança do trânsito para moradores e visitantes”.

Como disse o presidente do Cetran, Mag Gramacho, ao explicar os passos necessários para a construção de um projeto integrado, o consórcio é um modelo estratégico de organização do trânsito para viabilizá-lo em cidades com dificuldades financeiras e estruturais.

O projeto de sinalização da faixa de tráfego será executado por empresa credenciada pelo Detran-BA e supervisionada pelo Departamento. Espera-se que o primeiro Consórcio de Transporte da Bahia entre em operação no início de 2022.

O post Bahia poderá ter o primeiro consórcio público de trânsito no país. apareceu primeiro em Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal.