auxilio-emergencial-de-r$600-recebe-recorde-de-solicitacoes

Auxílio Emergencial de R$600 recebe recorde de solicitações

Após 24h da liberação das consultas do Auxílio Emergencial, no valor de R$600, cerca de 90 mil famílias já solicitaram o recebimento do benefício. A prefeitura ressalta que as famílias devem se inscreverem até o dia 15 de fevereiro de 2022.

Veja também: Auxílio Emergencial: como consultar o resultado da contestação da negativa

No total, cerca de 300 mil famílias serão beneficiadas, considerando que cada uma possui 4 membros, mais de 1 milhão de pessoas terão acesso ao novo abono. Vale ressaltar que os núcleos que se inscreverem até o dia 30 deste mês receberão a primeira parcela no dia 15 de dezembro.

Os pagamentos serão depositados nas constas poupanças sociais digitais do Caixa Tem. Caso o responsável familiar não tenha acesso a plataforma, uma conta será aberta automaticamente em seu nome.

Atendimento Remoto

No dia da liberação das consultas e solicitações, foram recebidas 2.000 inscrições por meio do canal de atendimento. A opção atendeu famílias com dificuldades de acesso ao sistema de cadastramento de dados.

Além disso, serviços por meio de chat, Telegram e WhatsApp estão disponíveis no sistema e serão mantidos até que o período de solicitações seja encerrado. Por fim, na página que informa detalhes sobre o benefício, 600 mil visitas foram realizadas, sendo 500 mil até o dia 17.

Atendimento Presencial

Contudo, as unidades de assistência social do CRAS e CREAS, assim como as Coordenações de Proteção Social e Cidadania, estão disponíveis para os atendimentos presenciais do programa. No mais, as famílias também podem buscar o telefone de contato, caso não tenham acesso à internet.

Nos meios presenciais, foram registrados mais de 1.500 atendimentos, sobretudo, referente a orientações. Cabe salientar que toda demanda foi cumprida e as dúvidas da população atendida foram esclarecidas.

Auxílio emergencial pode ter nova parcela ainda em novembro? 

A Caixa Econômica Federal liberou na última sexta-feira (19) os saques da sétima parcela do Auxílio Emergencial para os beneficiários nascidos em dezembro. Com isso, o fim do programa que teve início em 2020 deve ser considerado.

Com o encerramento do calendário, mais de 22 milhões de pessoas se preocupam com o fato de que não receberão mais apoio do Governo Federal este ano. Diante disso, expectativas são criadas para a liberação de uma oitava parcela.

O Auxílio Emergencial foi implementado no início da pandemia ocasionada pela Covid-19 com o objetivo de ajudar os cidadãos com a renda comprometida diante as restrições sociais, como autônomos, profissionais informais, entre outros. Parcelas com valores variados de R$ 150 a R$ 375 foram distribuídas por sete meses em 2021.

4/5 – (5 votes)