auxilio-brasil:-por-que-pagamentos-de-novembro-ainda-nao-sao-de-r$-400?

Auxílio Brasil: Por que pagamentos de novembro ainda não são de R$ 400?

O Governo Federal começou na última semana os pagamentos do seu mais novo Auxílio Brasil. O programa que está substituindo o Bolsa Família está atendendo neste mês de novembro cerca de 14,5 milhões de brasileiros. São apenas aqueles que estavam no projeto anterior até o último mês de outubro.

Um ponto que está chamando muita atenção é a questão do valor dos pagamentos. É que de acordo com relatos nas redes sociais, muita gente estava esperando receber já agora os R$ 400 que o Governo Federal vinha prometendo. Mas isso não aconteceu. Na verdade, algumas pessoas estão até dizendo que o dinheiro caiu.

“Eu queria saber aonde foi parar os R$ 400? Eu só recebi R$ 190 agora”, disse uma internauta em seu perfil do Twitter. Outro foi além e disse que o seu valor diminui. “Eu recebi R$ 140 de Bolsa Família em outubro e agora me pagaram R$ 95 no Auxílio Brasil. Era melhor não ter mudado, então”, reclamou ela.

Mas por que isso está acontecendo? De acordo com o Governo Federal, os planos de começar os pagamentos de R$ 400 no Auxílio Brasil foram frustrados porque a PEC dos Precatórios não foi aprovada pelo Congresso Nacional ainda. O texto até passou pela Câmara dos Deputados, mas ainda está no Senado.

Mas mesmo com essa explicação, muita gente ainda está criticando a solução do Planalto. Alguns usuários, por exemplo, estão dizendo que o Governo não deveria ter prometido um pagamento de R$ 400 se essa era uma promessa que não dependia somente deles, mas do Congresso Nacional também.

Mas o Bolsa Família de R$ 400 vai sair do papel?

O plano do Governo Federal é começar a pagar o Auxílio Brasil na casa dos R$ 400 já a partir do próximo mês de dezembro, ou seja, com o segundo pagamento. Mas o fato é que ainda não há uma garantia para isso.

É que, como dito, a PEC dos Precatórios ainda não foi aprovada pelo Congresso Nacional. Dessa forma, o que resta agora é esperar para saber se o Senado Federal vai aprovar o texto na próxima semana ou não.

Como anda a PEC

De acordo com informações de bastidores, o texto da PEC dos Precatórios vai passar por sua primeira votação em comissões ainda nesta semana. O próprio líder do Governo no Senado Federal, Senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) confirmou essa informação.

Só que uma votação em plenário mesmo não deve acontecer mais nesta semana. Quem disse isso foi o próprio Presidente do Congresso Nacional., Rodrigo Pacheco (DEM-MG). De acordo com ele, o motivo é a questão da falta de tempo.

E a prorrogação do Auxílio Emergencial?

Uma possível prorrogação do Auxílio Emergencial poderia ser uma espécie de solução para as pessoas que não irão conseguir entrar no novo Bolsa Família. É que mesmo considerando um cenário de aprovação da PEC, poucas vagas serão abertas.

Mas as chances de uma prorrogação acontecer são pequenas. Pelo menos é isso o que estão revelando as informações de bastidores. Seja como for, é importante esperar para saber o que vai acontecer nos próximos dias.

Avalie o Texto.