Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

As 8 fases da Lua | Como reconhecer cada uma delas?


Todos já vimos as diferentes fases da Lua e sabemos seus nomes: Lua Cheia, Crescente, Minguante e Nova. Todas elas são apenas variações da incidência da luz solar refletida sobre sua superfície, o que também significa que tudo depende da posição dos astros. Mas há outras curiosidades, que você descobre nesta matéria.

Quais são as fases da Lua?

As fases da Lua costumam ser divididas em quatro principais, mas, na verdade, existem algumas outras, com termos não tão conhecidos. Ao todo, a Lua passa por oito fases:

  • Lua Nova
  • Crescente
  • Quarto Crescente
  • Crescente Gibosa
  • Lua Cheia
  • Minguante Gibosa
  • Quarto Minguante
  • Minguante

O formato aparente da Lua em cada uma dessas fases ocorre porque uma quantidade diferente da luz solar reflete nela a cada dia. À medida que a Lua orbita a Terra, a parte de sua superfície exposta ao Sol será iluminada, enquanto a parte menos exposta estará escura.

Ah, para entender as fases da Lua também é preciso lembrar sempre que todos os lados da Lua são, em algum momento, iluminados pelo Sol — pois é, não existe um lado sempre escuro! O que existe é uma face sempre voltada para a Terra. Em outras palavras, sua órbita é travada, então existe um hemisfério lunar que nunca vemos aqui da Terra.

Mas isso não significa que ela não gira em torno de si mesma. Pelo contrário: se ela não realizasse o movimento de rotação, poderíamos também observar a outra face à medida que ela orbita a Terra.

Como saber em qual fase da Lua estamos?

Lua Nova

Lua Nova não pode ser vista da Terra (Imagem: Reprodução/timeanddate.com)

Bem, a maneira mais tradicional de saber em que fase da Lua estamos é olhar para ela e observar o quanto de sua superfície está aparecendo, e em que formato.

E se a Lua não aparece no céu durante a noite ou madrugada, é porque estamos em Lua Nova. Nessa fase, nosso satélite natural não pode ser visto porque sua face iluminada está totalmente voltada para o Sol, enquanto nós, da Terra, ficamos diante da face que não está iluminada. Apesar de não poder enxergá-la, saiba que ela estará no céu durante o dia.

Você pode observar esse fenômeno ao acender uma lâmpada e colocar algum objeto exatamente entre a luz e sua linha de visão. O lado do objeto voltado para você estará escuro (embora um pouco iluminado pela luz refletida pelas paredes, por exemplo), enquanto o lado voltado para a lâmpada estará iluminado.

Talvez você já tenha deduzido que, durante a fase Nova, a Lua está alinhada entre a Terra e o Sol. Portanto, os eclipses solares sempre acontecerão durante a Lua Nova — mas nem toda Lua Nova resultará em eclipse, pois o alinhamento perfeito é um tanto raro de acontecer.

Lua Crescente

A Lua Crescente também ocorre durante o dia e podemos ver metade da face iluminada. Aqui, no Hemisfério Sul do planeta, vemos a metade esquerda do disco lunar. A fase Crescente também pode ter um elemento curioso: às vezes, o brilho do Sol refletido na Terra ilumina suavemente a área do lado não iluminado da Lua.

Durante os dias de Lua Crescente, o lado iluminado aumentará cada vez mais, e o satélite pousará cada vez mais tarde. A princípio, a Lua se porá no final da tarde, mas começará a “invadir” a noite à medida que caminha para a próxima fase.

Quarto Crescente (ou meia Lua)

O Quarto Crescente forma um ângulo aproximado de 90 graus em relação à Terra e Sol (Imagem: Reprodução/timeanddate.com)

Ocorre quando a posição entre Terra, Lua e Sol forma um ângulo aproximadamente reto (90°), deixando cerca da metade da superfície lunar iluminada pelo Sol. A porção visível da Lua nesta etapa, varia entre 40 a 59%, proporcionando uma bela imagem para se observar.

Normalmente, essa Lua deve se pôr por volta da meia-noite, e o lado brilhante do disco lunar será sempre o esquerdo (no Hemisfério Sul). Não há como confundir no momento da observação, se decorarmos essas “regrinhas”.

Lua Gibosa Crescente

Neste momento, a Lua estará em sua fase de transição entre o Quarto Crescente e a Cheia. Então, podemos apelidá-la de “quase cheia”. O nome se refere ao formato convexo da parte iluminada que enxergamos, que será entre 60 a 96% do disco lunar. A Crescente Gibosa costuma se pôr durante a madrugada.

Lua Cheia

A Lua Cheia fica em oposição ao Sol (Imagem: Reprodução/timeanddate.com)

A Lua Cheia é quando podemos ver a metade da Lua por completo, isto é, todo o disco lunar (a face sempre voltada para a Terra) estará iluminado pelo Sol. Isso ocorre quando o satélite está do lado oposto à posição durante a Lua Nova. Em outras palavras, a Terra estará entre o Sol e a Lua.

Durante essa fase, a Lua nasce durante o pôr-do-Sol e se põe no amanhecer. Um eclipse lunar só pode acontecer na lua cheia.

Lua Gibosa Minguante

Após a fase Cheia, a parte iluminada da Lua que enxergamos começará a diminuir, formando uma imagem semelhante à Crescente Gibosa, porém invertida: é a metade direita que estará iluminada no Hemisfério Sul. Essa Lua nasce à noite e se põe durante a manhã.

Quarto Minguante

O Quarto Minguante forma, novamente, um ângulo reto, mas do outro lado da órbita da Terra (Imagem: Reprodução/timeanddate.com)

No mesmo modo que ocorreu antes da Lua Cheia, o Quarto Minguante é quando a metade do disco lunar aparece iluminado no céu. A diferença é que, dessa vez, será a metade do lado direito. A Lua estará em um ângulo aproximado de 90° em relação à Terra e o Sol.

A Lua no Quarto Minguante nasce por volta da meia-noite e se põe próximo do meio-dia.

Lua Minguante

Por fim, temos a quarta e última fase, que ocorre antes da Lua Nova e a repetição do ciclo. Na fase Minguante, nosso satélite natural tem entre 3 a 39% de seu lado direto iluminado só pode ser visto de manhã ou durante a tarde.

Mais uma vez, você verá o lado direito do disco lunar iluminado.

Quantos dias a Lua leva para completar todas as fases?

Nosso satélite natural conclui sua trajetória ao redor da Terra a cada 27,3 dias, período conhecido como mês sideral.

Por outro lado, o tempo entre uma Lua Nova e outra (período chamado lunação) é de 29 dias e meio. Nesse tempo, as oito fases ocorrem, mas o período de cada uma pode variar bastante.

Fonte: NASA, Timeanddate.com



Veja mais