Aracnoidite: o que é, sintomas, causas e tratamento

A aracnoidite é a inflamação da aracnoide, uma membrana que reveste e protege o cérebro e os nervos da medula espinhal. Este tipo de inflamação pode surgir devido a uma infecção por vírus ou bactérias, mas também pode ser resultado de uma pancada forte na coluna, compressão crônica dos nervos espinhais, uso de algumas substâncias químicas ou como complicação de uma cirurgia da coluna.

Este tipo de inflamação é mais comum na coluna e pode surgir em qualquer local, desde a região cervical, torácica ou lombar. Dependendo do local onde surge a aracnoidite e dos nervos afetados, podem surgir diferentes tipos de sintomas. Os mais comuns tendem a incluir dor crônica persistente, formigamento e cãibras musculares, principalmente nas pernas.

O tratamento da aracnoidite é difícil e deve ser bem orientado por um neurologista para controlar os sintomas e evitar que surjam novas complicações. O prognóstico deste tipo de condição é sempre muito reservado, já que não se conhece o padrão de evolução dos seus sintomas.

Aracnoidite: o que é, sintomas, causas e tratamento

Principais sintomas

Os sintomas da aracnoidite podem variar de acordo com o local afetado, no entanto, os sintomas mais comuns são:

  • Dor crônica persistente;
  • Sensação de queimação nos membros;
  • Formigamento nos membros;
  • Cãibras e espasmos musculares;
  • Perda de controlo sobre a bexiga e/ou intestinos.

Com o evoluir da aracnoidite é comum que os nervos e os vasos sanguíneos vão ficando “grudados” o que acaba causando piora da dor e de todos os sintomas neurológicos. Por esse motivo, o tratamento deve ser iniciado o mais rapidamente possível para tentar controlar a dor e estabilizar a evolução da inflamação.

Como confirmar o diagnóstico

Embora seja importante começar o tratamento assim que possível, o diagnóstico de aracnoidite pode ser demorado, pois existem outras condições menos graves que podem produzir sintomas semelhantes, como é o caso da compressão de nervos por hérnia de disco, por exemplo.

No entanto, quando existe suspeita de aracnoidite, o médico pode pedir uma tomografia computadorizada assim como uma ressonância magnética para identificar a presença de inflamação na coluna espinhal.

Como é feito o tratamento

Não existe um tratamento capaz de curar a aracnoidite e, por isso, na maior parte dos casos, o neurologista tem como objetivo aliviar a dor crônica e controlar os outros sintomas, para melhorar a qualidade de vida da pessoa. Uma das formas de tratamento mais utilizadas é a fisioterapia, que pode ajudar bastante no controlo da dor, mas também na melhora dos déficits neurológicos que podem surgir.

A cirurgia pode ser em alguns casos uma opção, mas é normalmente utilizada como último recurso, quando outras formas de tratamento não tiveram sucesso. Isso porque a cirurgia pode causar um alívio temporário, mas existe risco de surgimento de complicações.

Pessoas com aracnoidite devem também fazer psicoterapia para aprender a lidar com o estresse e com as limitações impostas pela condição, promovendo a sua saúde mental.

Continuar Lendo