Americanas reduz prazos e deve entregar produtos da China em 11 dias

A varejista Americanas anunciou nesta semana uma expansão na sua operação de entregas internacionais. O principal objetivo é reduzir o prazo de espera de quem compra produtos da China por meio do Americanas Mundo.

De acordo com a empresa, a mudança deve fazer com que o prazo máximo de entrega caia de 21 para 11 dias. Isso será possível graças a operação de cinco voos semanais diretos de Hong Kong (China) para o aeroporto internacional de Guarulhos (SP).

A Americanas também garante que o cliente poderá acompanhar todo o processo de entrega por meio do código de rastreio.

Além de reduzir a sua dependência dos Correios, a Americanas também tem se tornado uma grande vitrine para produtos importados. Isso porque a operação Mundo apresentou crescimento GMV Total de 170% apenas em 2020. Marcelo Nunes, diretor financeiro da empresa, disse:

A entrega é uma parte fundamental da experiência de compra e o prazo para recebimento é um fator relevante para a decisão do cliente. Nosso foco está em aprimorar a jornada de compra de produtos internacionais na plataforma e reduzir ainda mais o prazo de entrega, que já caiu pela metade desde o início do ano.

Atualmente, o Americanas Mundo tem se tornado uma frente de negócios altamente atrativa para a empresa. Isso fez outras varejistas se movimentarem para também oferecer produtos importados em seu catálogo.

Um dos maiores atrativos para os brasileiros é a garantia de entrega e a possibilidade de pagamento em até 12 vezes no cartão de crédito.

Continuar lendo >>