Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

A próxima queda do Ibovespa (IBOV), caso índice recue para além dos 98 mil pontos

Mercado gráfico queda


Na véspera, o principal índice da Bolsa teve desvalorização de 0,17%. (Imagem: Unplash/Maxim Hopman)

O Ibovespa (IBOV) pode chegar aos 93 mil pontos no curto prazo, se perder os 98,4 mil pontos, disseram analistas gráficos nesta quarta-feira (22).

A Ágora Investimentos comentou que vê a possibilidade de uma onda corretiva “c”, que se formaria próximo aos 93,4 mil pontos e não nos 100 mil pontos, como havia sido anteriormente projetado.

Para o Itaú BBA, o Ibovespa abaixo dos 100 mil pontos, além de mostrar fraqueza, negocia em níveis de novembro de 2020. “A esperança está na região de suporte em 100 mil pontos que, embora testada, deve ser preservada”, disse.

“Sugerimos prudência, preferência por ações que estão acima da média móvel 200 e posicionamento de stops para ativos que perderem suportes importantes”.

O Ibovespa recuava 1,38% por volta das 10h30, aos 98,3 mil pontos, em uma dia que deve ser marcado pelo discurso do presidente do Fed, Jerome Powell, e por tensões envolvendo a Petrobras (PETR4).

Na véspera, o principal índice da Bolsa teve desvalorização de 0,17%, em uma sessão marcada pela volatilidade. Com o desempenho, o Ibovespa acumula queda de 22% nos últimos 12 meses.

Disclaimer

Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

Siga o Money Times no Facebook!

Curta nossa página no Facebook e conecte-se com jornalistas e leitores do Money Times. Nosso time traz as discussões mais importantes do dia e você participa das conversas sobre as notícias e análises de tudo o que acontece no Brasil e no mundo. Siga agora a página do Money Times no Facebook!



Continue Lendo