Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

A Apple não é mais a única a usar o slogan (Think Different)


O slogan icônico “Pense diferente” acompanhou a Apple ao longo de seus anos de existência.

No entanto, seu uso tem sido um pouco negligenciado nos anúncios da empresa.

É por isso que na União Européia, a Apple acaba de perder os direitos sobre seu slogan.

Apple perde o direito de usar o slogan “Pense Diferente”

Foi na quarta-feira que o Tribunal de Justiça Europeu decidiu oficialmente que a Apple não é mais a única empresa que pode usar o slogan “Pense diferente”. Agora qualquer um pode “Pensar diferente” e as razões são claras.

A decisão é o resultado de um pedido da Swatch, o fabricante suíço de relógios, que pediu às autoridades da UE que a marca Apple fosse cancelada. Este pedido foi feito em 2016 com base no simples fato de que a Apple não estava usando o slogan.

A caneta da Apple dessa vez não escreveu correto e a justiça, fez valer o direito de uso para qualquer outra pessoa ou empresa.

Tribunal contra Apple

Em troca, a Swatch estava usando ativamente seu “Tick Different” em suas campanhas de marketing.

De acordo com uma decisão de 2018, a Apple estava usando o slogan muito esporadicamente, em eventos especiais ou para celebrar indivíduos, portanto não haveria necessidade de ter a marca como registrada.

Após recorrer da decisão e perder novamente, a empresa entrou com uma ação em um tribunal suíço para impedir que a Swatch utilizasse o slogan, que acabou sendo rejeitado. Em 2021, a empresa de Tim Cook entrou novamente com uma ação contra a Swatch no Tribunal de Justiça da União Européia, cuja decisão foi agora anunciada.

Apple perda direito no slogan
Think Different-Apple perde slogan

O Tribunal observa que, ao contrário da alegação da Apple, a decisão da Câmara de Recurso quanto ao caráter distintivo das marcas contestadas não é contrariada por um conjunto de provas destinadas a demonstrar o uso genuíno.

Aqueles que acompanham os desenvolvimentos da Apple poderão confirmar que seu “Pensar diferente” não está em uso há algum tempo.



Veja mais