Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

10 RPGs para quem quer jogar sozinho


Um dos principais gêneros de jogos é o RPG. Vários games aproveitam as mecânicas dos RPGs de mesa e adaptam para as experiências nos videogames e computadores. É claro, há diferenças enormes entre as duas atividades, começando pelo fato de que, nos RPGs de mesa, a liberdade para criar o seu personagem é muito maior e você estará cercado por amigos.

Ao mesmo tempo, encontrar um grupo de amigos que compartilham o mesmo interesse não é tão fácil, assim como manter uma rotina para as jogatinas de mesa. Pensando nisso, separamos a seguir 10 grandes RPGs dos videogames para quem prefere jogar sozinho ou que simplesmente não possui disponibilidade para estar em um grupo de RPG de mesa. A lista não segue uma ordem de preferência.

10. Mass Effect

A franquia Mass Effect é um RPG tático em que você controla e molda não só o protagonista Comandante Shepard, mas também decide o destino de vários personagens e até raças, tudo por meio de missões e diálogos. Também é possível se relacionar com alguns companheiros, seja na amizade ou em um nível mais íntimo. Comandando uma equipe inteira e lidando com seus problemas e desdobramentos, a franquia Mass Effect oferece uma grande campanha de RPG single-player. Esta é uma das principais referências no gênero.

Mass Effect: Legendary Edition é a coletânea remasterizada da franquia e inclui os três jogos protagonizados por Shepard. Ela está disponível para PC, Xbox One e PlayStation 4.

9. Baldur’s Gate 3

Os dois primeiros Baldur’s Gate estão bem datados, mas caso você queira jogar, ainda é possível encontrá-los no Steam. Porém, dessa vez, falamos do terceiro jogo da franquia, de longe o mais ambicioso e o maior até hoje. Baldur’s Gate 3 ainda está em acesso antecipado e recebe atualizações de tempos em tempos. Mesmo com alguns problemas de otimização, é a experiência mais próxima de uma campanha de D&D que tem por aí. Usando a quinta edição do popular RPG de mesa da Wizards of the Coast como sistema, o jogador, atualmente, não consegue desfrutar de todas as classes existentes no D&D, mas as principais já estão disponíveis.

Baldur’s Gate 3 é exclusivo de PC.

8. Wildermyth

Wildermyth é um RPG tático com até quatro personagens, em que as histórias que o jogador passa durante seu percurso moldam os acontecimentos. Relacionamentos podem florescer entre os membros da equipe, e até mesmo o filho de um casal pode se juntar aos aventureiros durante os anos. Com um sistema de envelhecimento, morte e relacionamentos, o RPG faz com que você se apegue aos personagens e acabe sentindo a morte de algum deles, caso aconteça. A possibilidade de receber itens lendários, transformações e mais, fazem de Wildermyth um jogo bem divertido para aqueles que querem jogar uma campanha de RPG, mas sem muitas complicações.

Wildermyth está disponível no Nintendo Switch e no PC.

7. Pathfinder: Wrath of the Righteous

A franquia Pathfinder, assim como Baldur’s Gate, é desenvolvida a partir de um sistema de RPG de mesa. Nesse caso, o sistema de mesmo nome é a base para esse RPG tático que coloca o jogador no controle de um grupo de aventureiros que precisam acabar com o conflito contra o Abismo, que traz para o mundo criaturas tenebrosas. Cabe ao seu grupo lidar com a guerra e derrotar os inimigos. Com 25 classes e 12 raças, o jogo é bem completo para os fãs de um RPG robusto, que pode ser explorado de formas bem interessantes.

Pathfinder: Wrath of the Righteous está disponível no PC e chegará ainda em 2022 para Xbox One e PlayStation 4.

6. Darkest Dungeon

Darkest Dungeon é um jogo feito para testar seus nervos. Usando o estilo roguelike, em que cada vez que o jogador entra em uma masmorra, tem que ser do começo, você controla um grupo de aventureiros que devem percorrer mausoléus, cavernas, florestas profundas e locais tenebrosos em busca de tesouros e conquistar a cidade de seu antepassado. Com um sistema de estresse que pode levar seus guerreiros à loucura, a morte é definitiva em Darkest Dungeon. E, por isso, você acaba sempre sofrendo com a possibilidade de perder aquele Templário de nível alto que te salvou tantas vezes devido à ganância. As provisões, os turnos e as possibilidades no game testam as suas habilidades a todo momento.

Darkest Dungeon está disponível para PC, PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch.

5. Solasta: Crown of the Magister

Solasta: Crown of the Magister vem como uma alternativa aos jogos da franquia Baldur’s Gate. Sendo um pouco mais simples em sua execução, Solasta não deixa de ser divertido, principalmente por oferecer classes diferentes das disponíveis atualmente em Baldur’s Gate 3, que continua em acesso antecipado. Além de ser melhor otimizado que o game licenciado da Wizard’s of the Coast, Solasta oferece a experiência do RPG de mesa de forma satisfatória para os fãs de Dungeons & Dragons, mesmo que não de maneira tão complexa quanto o jogo da Larian Studios.

Solasta: Crown of the Magister é exclusivo de PC.

4. Dragon Age: Inquisition

A franquia Dragon Age atende todos os requisitos de uma campanha de RPG completa. Mas, dessa vez falaremos sobre o último jogo lançado da série da BioWare, que também acertou com a trilogia Mass Effect. Em Dragon Age: Inquisition, você cria o seu próprio personagem, escolhe sua classe, magias e se relaciona com aliados. Como de costume nos jogos do estúdio, os rumos da história estão totalmente ligados com as suas escolhas ao longo da jogatina. Já na parte do combate, é possível optar tanto pela ação em tempo real, como também pelo modo que “congela” a tela e permite que você escolha os golpes de cada membro do grupo.

Dragon Age: Inquisition está disponível para PC, PlayStation 4 e Xbox One.

3. Divinity: Original Sin 2 – Definitive Edition

A Larian Studios é responsável por boa parte dos jogos que estão mais próximos da experiência completa de um RPG clássico. A versão definitiva de Divinity 2 traz algumas das melhores experiências que um RPG tático pode oferecer para o jogador nos videogames. Este é um título com visão isométrica, com sistema robusto e podendo ser jogado por você, sozinho, ou até com quatro jogadores no modo multiplayer.

Divinity: Original Sin 2 – Definitive Edition está disponível para Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One e PC.

2. Pillars of Eternity II: Deadfire

O jogo da Obsidian Entertainment é um dos mais aclamados no gênero. Se você gosta de RPGs isométricos em que pode customizar seus personagens em um nível além do que outros games geralmente permitem, então considere esta escolha. Pillars of Eternity II: Deadfire coloca o jogador para experimentar toda a mecânica de classes e raças de D&D e para explorar a região de Dreadfire a bordo de um navio.

Pillars of Eternity II: Deadfire está disponível para Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One e PC.

1. Pathfinder: Kingmaker – Enhanced Plus Edition

Pathfinder: Kingmaker – Enhanced Plus Edition é a transposição perfeita do sistema Pathfinder para os jogos. Com melhorias no conteúdo e na criação de personagens, a versão “melhorada” do jogo permite que o jogador explore Stolen Lands, uma região que vive em guerra. Será o momento do seu personagem atender o chamado e criar o seu próprio reino. Customize o protagonista com base em várias classes, podendo ser alguém bonzinho ou um vilão clássico. Conquiste novas regiões, faça aliados e batalhe em prol de um reino justo ou desigual.

Pathfinder: Kingmaker – Enhanced Plus Edition está disponível para PlayStation 4, Xbox One e PC.



Veja mais